Londrina
Cascavel

TV Tarobá

Tarobá FM

  • Londrina
  • Cascavel

Ibovespa cai 1,31% com correção, mas encerra julho com ganho de 8,88%

31/07/18 às 18:35 - Escrito por Estadão Conteúdo

A correção que fez o Índice Bovespa cair 1,31% nesta terça-feira, 31, aos 79.220,43 pontos, não afetou significativamente o bom desempenho do mercado de ações em julho. O principal índice da bolsa de valores brasileira terminou o período com valorização de 8,88%, melhor resultado mensal desde os 11% de janeiro.

A alta no mês foi sustentada em boa parte pelo aumento do apetite por risco no exterior, que trouxe de volta à B3 parte dos recursos externos que haviam abandonado o País. Analistas avaliam que as definições esperadas para o cenário eleitoral em agosto devem ser fator de instabilidade nas próximas semanas, embora não descartem novas altas das ações, em meio a uma safra de balanços com bons resultados.

"Considerando tudo o que aconteceu ultimamente, foi um bom resultado mensal. Mas foi um período de recuperação, uma vez que vimos o índice despencar do pico do ano, de quase 88 mil pontos", disse Alvaro Bandeira, economista da Modalmais.

Entre as ações que fazem parte do Ibovespa, quase todas as principais blue chips acumularam ganhos acima de 10% em julho. Algumas foram bem além, com altas superiores a 20%, como os papéis de Santander (+25,17%), Usiminas PNA (+21,17%) e Gerdau Metalúrgica PN (+24,43%). Vale ON (+10,59%) e Petrobras PN (+14,72%) também se destacaram em julho.

"Agosto será um mês complicado, pelo menos até a metade, quando teremos maior definição do cenário. Será importante saber, por exemplo, se Lula será candidato ou se ele será capaz de transferir votos. Mas todo esse cenário não necessariamente impedirá que o Ibovespa siga no positivo, buscando algo em torno de 81.500 pontos", disse Bandeira.

Para Ariovaldo Ferreira, gerente de renda variável da H.Commcor, apesar de o cenário eleitoral ganhar cada vez maior atenção, os investidores em Bolsa seguem bastante concentrados nos balanços corporativos.

Na análise do pregão da terça-feira, as principais quedas ficaram com as ações do setor financeiro, no dia da divulgação do resultado trimestral do Itaú Unibanco. Apesar de o resultado do balanço ter ficado dentro do esperado, avaliações diversas sobre outros aspectos do resultado acabaram por avalizar uma realização de lucros no papel, que caiu 4,19%.

Entre as ações que compõem a carteira do Ibovespa, a maior queda do dia ficou com Cielo ON, que perdeu 9,75%, após a empresa anunciar queda de 17,8% do lucro em relação ao resultado do mesmo período do ano passado.

© Copyright 2022 Grupo Tarobá