IPEM encontra irregularidades em 19 bombas de combustíveis em Londrina

Redação Tarobá News
Economia | Publicado em 12/02/2019 às 12:07

O Instituto de Pesos e Medidas (IPEM) está desde o inicio do mês fazendo fiscalização em postos de combustíveis em Londrina. Na operação, o Ipem verifica se a quantidade de combustível vendida corresponde a quantidade recebida pelo consumidor.

Na manhã desta terça-feira, mais um local foi inspecionado. O posto fica na PR-445, na zona sul da cidade, e os fiscais encontraram irregularidades em dos bicos de uma das bombas. Foi constatado que a cada 20 litros abastecidos, o consumidor perdia 120ml, ou seja, a bomba não entregava o que era pago. Por isso, o equipamento foi reprovado, fica lacrado e o dono do posto é notificado. O limite, em casos assim é até 60ml por 20 litros. O posto pode ser multado e o valor varia de R$ 100 a R$ 1,5 milhão.

Além disso, os fiscais do IPEM também verificam aspectos de segurança do posto, como fios soltos ou desencapados nas bombas. Até agora 16 postos receberam a visita dos fiscais do instituto. Para o gerente do IPEM em Londrina Marcelo Trautwein, o número de postos flagrados com irregularidades caiu do ano passado para cá. Em 2018, no mesmo período, foram 32 bombas com erros contra o consumidor, até agora 19. “Acredito que isso ocorreu porque o IPEM faz um trabalho sistemático de fiscalização. Ano passado tivemos apoio do Procon, Receita Estadual e Ministério Público”, aponta o gerente.

O gerente do Instituto aponta que o consumidor também deve ser fiscal na hora que vai abastecer o carro. “É preciso paciência na hora de abastecer. O consumidor deve acompanhar o abastecimento e só se ausentar para pagar, por exemplo, quando o processo terminar. Também é importante ficar atento se a bomba tem o selo holográfico do Inmetro e se os mostradores partem do zero”, explica. Quem tiver dúvida pode pedir que o frentista faça o teste de quantidade em recipientes próprios do IPEM. 

O fone do IPEM é o 0800-645-0102.  



Relacionados

Economia | 20-02-2019 18:35

Petrobras eleva em 1,23% preço médio da gasolina nas refinarias, para R$ 1,6538

Petrobras eleva em 1,23% preço médio da gasolina nas refinarias, para R$ 1,6538

Economia | 20-02-2019 16:55

Guedes: reforma é para reduzir desigualdades e eliminar privilégios

Guedes: reforma é para reduzir desigualdades e eliminar privilégios

Economia | 20-02-2019 16:35

Marca de R$ 1 trilhão de economia é importante para reforma, diz Guedes

Marca de R$ 1 trilhão de economia é importante para reforma, diz Guedes

Economia | 20-02-2019 15:50

Gilmar diz que dará mais 12 meses para Congresso votar sobre Lei Kandir

Gilmar diz que dará mais 12 meses para Congresso votar sobre Lei Kandir

PUBLICIDADE