Juros ficam estáveis à espera do payroll e sentindo ambiente interno tranquilo

Estadão Conteúdo
Economia | Publicado em 04/08/2017 às 09:45

Foto: Divulgação

Os contratos de juros futuros mais longos abriram em baixa, mas logo ficaram próximos à estabilidade, acompanhando o movimento do câmbio, à espera da divulgação do relatório de emprego nos EUA, o payroll, e em meio a uma percepção de ambiente interno mais tranquilo.

O mercado aguarda pelo payroll, que será divulgado às 9h30 desta sexta-feira, 4, para assumir posições mais firmes. O dado americano como um todo tem direcionado o mercado quanto às apostas da próxima elevação de juros nos EUA. No entanto, de acordo com especialistas de mercado, o indicador que mede o ganho salarial tem estado em evidência, uma vez que mostra a tendência da inflação, gerando cautela.

Além disso, um representante da Moody's fez nesta quinta-feira, dia 3, declarações positivas sobre o Brasil e o banco JPMorgan alterou a recomendação do crédito soberano do País para "overweight", afirmando que após a vitória do presidente Michel Temer na Câmara as incertezas políticas diminuíram e a perspectiva de aprovação da reforma da Previdência melhorou.

Às 9h27 desta sexta-feira, a taxa do contrato de Depósito Interfinanceiro (DI) para janeiro de 2019 estava a 7,97%, ante 7,96% do ajuste de quinta e o DI para janeiro de 2021 projetava 9,14%, de 9,15% da véspera.



Relacionados

Economia | 18-06-2018 14:10

Saque de conta do PIS/Pasep começa nesta segunda-feira

Saque de conta do PIS/Pasep começa nesta segunda-feira

Economia | 18-06-2018 13:35

'Não devemos abandonar ideia da aliança da UE com o Mercosul', diz Temer

'Não devemos abandonar ideia da aliança da UE com o Mercosul', diz Temer

Economia | 18-06-2018 13:25

Selic e incertezas no cenário minam queda de juro bancário

Selic e incertezas no cenário minam queda de juro bancário

Economia | 18-06-2018 13:25

Turbulências suspenderam Tesouro Direto 29 vezes nos últimos 30 dias

Turbulências suspenderam Tesouro Direto 29 vezes nos últimos 30 dias

PUBLICIDADE