Economia

Economia

Lucro da TIM quase triplica no segundo trimestre; para R$ 219 milhões


Lucro da TIM quase triplica no segundo trimestre; para R$ 219 milhões

A operadora de telecomunicações Tim fechou o segundo trimestre de 2017 com lucro líquido reportado de R$ 219 milhões, valor quase três vezes maior que os R$ 74 milhões apurados no mesmo período do ano passado. No primeiro semestre, os ganhos líquidos da Tim somaram R$ 351 milhões, resultado 73,5% maior que o do ano passado, de R$ 202 milhões.

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) normalizado somou R$ 1,391 bilhão entre abril e junho, um avanço de 15,5% na comparação anual. No acumulado de 2017, o indicador atingiu R$ 2,653 bilhões, avanço de 12,1%. A margem Ebitda passou de 31,5% no segundo trimestre de 2016 para 35,3% neste ano.

A receita líquida total da Tim foi de R$ 3,942 bilhões no segundo trimestre, avanço de 3,2% na comparação anual. Entre janeiro e junho, as receitas da companhia foram a R$ 7,894 bilhões, crescimento de 2,9%.

Os investimentos totais da Tim (Capex) no segundo trimestre somaram R$ 809 milhões, ante R$ 975 milhões no mesmo período de 2016, queda de 17%. Na primeira metade do ano, a Tim investiu R$ 1,478 bilhão, 12,3% menos que no ano passado.

A base de clientes da Tim caiu 4,9% ao final do segundo trimestre, para 60,831 milhões. A queda foi concentrada na base de clientes pré-pago, de 10,4%, enquanto nos serviços pós-pagos, houve crescimento de 15,1%.

O nível de alavancagem da Tim, medido pela relação entre dívida líquida e Ebitda, fechou junho em 0,8 vez, ante 0,73 vez em junho de 2016. A dívida líquida fechou o trimestre em R$ 4,4 bilhões, crescimento de 11,2% na comparação anual.


Selecione sua cidade

Cascavel | Londrina