Maia: reforma da Previdência deve ser apresentada sem Estados e municípios

Estadão Conteúdo
Economia | Publicado em 12/06/2019 às 14:35

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou que o relatório da reforma da Previdência, do deputado Samuel Moreira (PSDB-SP), deve ser apresentado sem a abrangência das regras para o funcionalismo público dos Estados e municípios. "Mas temos até julho para construir acordo para que eles sejam reincluídos", disse.

Segundo ele, hoje não há votos para que o relator mantenha em seu texto a capitalização, como previsto pelo ministro da Economia, Paulo Guedes. Maia sinalizou, no entanto, que esse tema ainda deve ser debatido e não era totalmente descartado. Para o presidente da Câmara, Guedes não pode sair como derrotado. "Vamos construir uma solução para a capitalização. Esse tema não pode ser excluído do debate", afirmou. "Vou me reunir hoje (quarta) com Paulo Guedes para debater esse assunto."

Maia disse ainda que o texto deve ser votado na comissão especial no dia 25 de junho.



Relacionados

Londrina | 14-06-2019 18:03

Vectra comemora 23 anos e mantém crescimento com novos empreendimentos

Vectra comemora 23 anos e mantém crescimento com novos empreendimentos

Economia | 14-06-2019 15:00

Bolsonaro reforça que acordo entre Mercosul e UE está prestes a ser concluído -

Bolsonaro reforça que acordo entre Mercosul e UE está prestes a ser concluído -

Economia | 14-06-2019 14:35

Guedes: com mudanças do relator, impacto da reforma é de R$ 860 bi só com cortes

Guedes: com mudanças do relator, impacto da reforma é de R$ 860 bi só com cortes

Economia | 14-06-2019 14:00

Bolsonaro diz que foco da reforma é a economia para a União

Bolsonaro diz que foco da reforma é a economia para a União