Meirelles comemora fim da recessão mas diz que retomada não é uma linha reta

Redação Tarobá News
Economia | Publicado em 01/06/2017 às 14:55

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, comemorou o fim da recessão, mas não descarta a possibilidade de que a economia volte a mostrar alguma fraqueza no segundo trimestre. Meirelles reafirmou a previsão de que a economia brasileira crescerá 0,5% no ano de 2017 e terminará o quarto trimestre com ritmo de expansão de 2,7% na comparação ante igual período de 2016.

"Sim, a recessão acabou. Não há duvida", disse. O ministro da Fazenda notou, porém, que quando um país "retoma o crescimento não é uma linha reta". Meirelles explicou que em momentos de volta ao crescimento ou início de recessão é comum que trimestres seguidos mostrem comportamento não linear. Ou seja, há comportamento com uma tendência em um trimestre e outro movimento no período seguinte. "Ele (o PIB) sobe muito, depois dá uma ajustada, uma acomodada para depois voltar a subir".

Meirelles reafirmou, porém, que a expectativa é de crescimento para o conjunto do ano. "O que nós esperamos é que, durante o decorrer do ano, continue a crescer e chegaremos ao final do ano com ritmo de crescimento sólido de cerca de 3% ao ano", disse.

Durante a entrevista antes de almoço da Associação Nacional de Jornais (ANJ), o ministro reafirmou a previsão de crescimento de 0,5% no ano e expansão 2,7% no último trimestre do ano na comparação ante igual período de 2016.



Relacionados

Economia | 05-10-2018 18:55

Ibovespa tem nova correção antes da eleição e cai 0,76%

Ibovespa tem nova correção antes da eleição e cai 0,76%

Economia | 05-10-2018 18:25

Dólar cai para R$ 3,8560 e tem maior queda semanal desde março de 2016

Dólar cai para R$ 3,8560 e tem maior queda semanal desde março de 2016

Economia | 05-10-2018 17:16

Ações da fabricante de armas Taurus subiram mais de 100% em 60 dias

Ações da fabricante de armas Taurus subiram mais de 100% em 60 dias

Economia | 05-10-2018 16:04

Construtora investigada na Lava Jato ganha licitação milionária para pavimentação de rodovia no Paraná

Construtora investigada na Lava Jato ganha licitação milionária para pavimentação de rodovia no Paraná

PUBLICIDADE