Ministério da Economia publica exoneração de Marcos Cintra

Estadão Conteúdo
Economia | Publicado em 13/09/2019 às 10:46

O Ministério da Economia formalizou no Diário Oficial da União (DOU) a exoneração de Marcos Cintra do cargo de secretário especial da Receita Federal do Brasil. O decreto que confirma a saída de Cintra foi publicado em edição extra do Diário Oficial da quinta-feira, 12.

Ele foi exonerado pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, na quarta-feira depois das manifestações de rejeição à proposta de reforma tributária do governo, que está em elaboração e previa a criação de um novo tributo nos moldes da extinta Contribuição Provisória sobre Movimentações Financeiras (CPMF).

Segundo o jornal O Estado de S. Paulo informou, a permanência do secretário se tornou insustentável diante das reações negativas do Congresso à antecipação da proposta de criação da contribuição sobre pagamentos (CP), com alíquotas de 0,2% e 0,4%, pelo secretário adjunto da Receita, Marcelo Silva.

A apresentação, feita em evento na terça-feira, teve forte reação no Congresso e irritou o presidente Jair Bolsonaro e Guedes, que achou precipitada a antecipação dos detalhes do projeto.

Cintra foi substituído interinamente pelo atual subsecretário-geral da Receita, José de Assis Ferraz Neto.



Relacionados

Economia | 21-02-2020 12:00

CCR vence leilão da BR-101 no Sul com deságio de 62%

CCR vence leilão da BR-101 no Sul com deságio de 62%

Economia | 21-02-2020 12:00

Governo reduz de 10% para 8% crédito de IPI para concentrados de refrigerantes

Governo reduz de 10% para 8% crédito de IPI para concentrados de refrigerantes

Economia | 21-02-2020 11:45

Conta de viagens internacionais volta a ter déficit em janeiro, diz BC

Conta de viagens internacionais volta a ter déficit em janeiro, diz BC

Economia | 21-02-2020 11:45

Temor com coronavírus, crise política e Vale empurram Ibovespa para baixo

Temor com coronavírus, crise política e Vale empurram Ibovespa para baixo