Novo decreto aumenta redução e suspensão de contratos para quatro meses

Redação Tarobá News
Economia | Publicado em 14/07/2020 às 10:07

Agência Brasil

Um novo decreto, publicado no Diário Oficial da União desta terça-feira (14) amplia a redução de jornada e salário e a suspensão de contratos previstos na Lei 14.020. O prazo é de quatro meses.

A Lei sancionada no último dia 06 de julho previa a suspensão dos contratos de trabalho por até dois meses e a redução da jornada e de salários variando de 25% a até 70% por um período não superior a três meses.

Porém, com a publicação do decreto nesta terça, fica permitida a redução da jornada e do salário por mais 30 dias, chegando a quatro meses. O mesmo vale para a suspensão de contrato de trabalho. O período que não poderia ser superior a 60 dias, dobrou e pode chegar aos mesmos quatro meses, ou 120 dias.

Mas para essa modalidade pode haver o fracionamento do prazo, em períodos sucessivos ou intercalados, desde que sejam iguais ou superiores a 10 dias e que não seja ultrapassem os 120 dias.

O trabalhador que tiver o contrato de trabalho suspenso ou salário reduzido, terá direito ao Benefício Emergencial, o BEm, pelo mesmo período. Além disso, há a estabilidade do trabalhador pelo mesmo período que o acordo for assinado após a finalizado.

O decreto também aumenta o benefício para empregados com contrato de trabalho intermitente, quando o empregador pode contratar funcionários e convocá-los apenas nos períodos em que seus negócios apresentam maior demanda em suas atividades. Os funcionários terão direito ao valor de R$ 600 pelo período complementar de um mês, que passa a contar da data de encerramento do período de três meses.

Confira a íntegra do decreto aqui!



Relacionados

Londrina | 04-08-2020 21:30

Shoppings traçam estratégias de retomada até o fim do ano

Shoppings traçam estratégias de retomada até o fim do ano

Cascavel | 04-08-2020 14:55

Inovação no universo digital é tema de webinar gratuita

Inovação no universo digital é tema de webinar gratuita

Economia | 04-08-2020 09:55

Senadores garantem que não aprovarão 'nova CPMF'

Senadores garantem que não aprovarão 'nova CPMF'

Foz do Iguaçu | 03-08-2020 13:18

Itaipu faz nova operação especial para ajudar no escoamento da safra de soja do Paraguai

Itaipu faz nova operação especial para ajudar no escoamento da safra de soja do Paraguai

PUBLICIDADE