Prazo para saque do abono salarial termina no dia 30 deste mês

Da Redação
Economia | Publicado em 13/06/2017 às 17:00

Foto: Divulgação

Aproximadamente 128 mil pessoas no Paraná não sacaram o abono salarial ano-base 2015, segundo levantamento divulgado pelo Ministério do Trabalho. O prazo para o saque vai até o dia 30 deste mês. O benefício é válido para trabalhadores que receberam até dois salários mínimos em carteira assinada no ano de 2015 e faz parte do Fundo de Amparo ao Trabalhador. O valor do abono é proporcional aos meses trabalhados durante o ano-base. Quem trabalhou durante um mês, por exemplo, recebe o equivalente a uma de doze partes do salário mínimo, e assim sucessivamente. A fração igual ou superior a 15 dias de trabalho vai ser contada como mês integral.

O valor máximo é de 880 reais. Para receber o abono, o trabalhador deve estar inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos e o empregador precisa ter informado os dados corretamente na Rais, a Relação Anual de Informação Social. Para fazer o saque do PIS, basta comparecer a uma agência da Caixa Econômica Federal. Já o saque do Pasep deve ser feito no Banco do Brasil. Para saber se você tem direito ao saque, basta acessar o site do Ministério do Trabalho. A consulta está disponível em um relatório por estado e individual pelo número do CPF ou PIS/PASEP.

 

Informações: AEN



Relacionados

Economia | 20-02-2019 18:35

Petrobras eleva em 1,23% preço médio da gasolina nas refinarias, para R$ 1,6538

Petrobras eleva em 1,23% preço médio da gasolina nas refinarias, para R$ 1,6538

Economia | 20-02-2019 16:55

Guedes: reforma é para reduzir desigualdades e eliminar privilégios

Guedes: reforma é para reduzir desigualdades e eliminar privilégios

Economia | 20-02-2019 16:35

Marca de R$ 1 trilhão de economia é importante para reforma, diz Guedes

Marca de R$ 1 trilhão de economia é importante para reforma, diz Guedes

Economia | 20-02-2019 15:50

Gilmar diz que dará mais 12 meses para Congresso votar sobre Lei Kandir

Gilmar diz que dará mais 12 meses para Congresso votar sobre Lei Kandir

PUBLICIDADE