Economia

Economia

Preço anunciado dos imóveis residenciais recua 0,15% em julho, afirma Fipezap


O preço dos imóveis residenciais no País caiu 0,15% em julho na comparação com junho. Esse foi o quinto mês consecutivo com redução nominal de preços neste ano, de acordo com pesquisa da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) feita com base nos anúncios de 20 cidades no site Zap Imóveis.

Com a série de quedas, o mercado imobiliário segue em desvalorização ao longo de 2017. No acumulado de janeiro a julho, os preços das residências tiveram retração de 0,38%. Já nos últimos 12 meses, os valores dos imóveis acumulam alta de 0,10%.

No último mês, 12 das 20 regiões cobertas pela pesquisa tiveram queda nominal dos preços anunciados, como foi o caso de Distrito Federal (-0,47%) Rio de Janeiro (-0,53%) e Belo Horizonte (-0,06%).

Na cidade de São Paulo, os preços não tiveram oscilações, na média. Já entre as sete regiões que registraram alta nominal estão Santos (0,41%), Florianópolis (0,65%) e Recife (0,37%).

O valor médio do metro quadrado dos imóveis residenciais anunciados nas 20 cidades foi de R$ 7.654. O Rio de Janeiro se manteve como a cidade com o metro quadrado mais caro do País (R$ 10.028), seguida por São Paulo (R$ 8.680) e Distrito Federal (R$ 8.345).


Selecione sua cidade

Cascavel | Londrina