Projeção de alta do PIB de 2017 passa de 0,49% para 0,50%, mostra Focus do BC

Redação Tarobá News
Economia | Publicado em 05/06/2017 às 09:55

Na esteira da divulgação dos dados do Produto Interno Bruto (PIB) na semana passada, os economistas do mercado financeiro alteraram suas projeções para a atividade em 2017 e 2018. Pelo Relatório de Mercado Focus, divulgado nesta segunda-feira, 5, a mediana para o Produto Interno Bruto (PIB) deste ano passou de 0,49% para 0,50%. Há um mês, a perspectiva era de avanço de 0,47%.

Para 2018, o mercado também mudou a previsão de alta do PIB, só que para pior: de 2,48% para 2,40%. Quatro semanas atrás, a expectativa estava em 2,50%.

Na última quinta-feira, o Instituto Brasileira de Geografia e Estatística (IBGE) informou que o País cresceu 1,0% no primeiro trimestre de 2017, ante o quarto trimestre de 2016. Por outro lado, recuou 0,4% ante o primeiro trimestre do ano passado.

No comunicado divulgado após a decisão de política monetária da semana passada, o Banco Central afirmou que os indicadores recentes permanecem compatíveis com a estabilização da economia no curto prazo. Porém, a instituição alertou que as incertezas com o andamento das reformas econômicas podem ter impacto negativo sobre a atividade.

2º trimestre

Os economistas do mercado financeiro projetam estabilidade (0,0%) para o PIB no segundo trimestre de 2017, ante o mesmo período de 2016. Isso é mostrado na abertura dos dados do Relatório de Mercado Focus.

Na semana passada, esta projeção para o PIB no segundo trimestre já indicava estabilidade ante o mesmo período do ano passado.

O Sistema de Expectativas do Mercado do Banco Central, no entanto, não traz as projeções das instituições para o PIB na margem - ou seja, para o segundo trimestre de 2017 ante o primeiro trimestre deste ano.

Produção

No relatório Focus, as projeções para a produção industrial para este ano também pioraram. O avanço projetado para 2017 foi de 1,30% para 1,09%. Há um mês, estava em 1,49%. No caso de 2018, a estimativa de crescimento da produção industrial permaneceu em 2,50%, mesmo porcentual de quatro semanas antes.

Também na semana passada, o IBGE informou que a produção industrial avançou 0,6% em abril ante março, mas despencou 4,5% ante abril do ano passado.

No Focus, a projeção para o indicador que mede a relação entre a dívida líquida do setor público e o PIB para 2017 permaneceu em 51,50%. Há um mês, estava no mesmo patamar. Para 2018, as expectativas no boletim Focus seguiram em 55,20%, ante 55,00% de um mês atrás.



Relacionados

Economia | 21-07-2018 11:20

Emprego fica estável em junho e fecha primeiro semestre com 392,4 mil novas vagas

Emprego fica estável em junho e fecha primeiro semestre com 392,4 mil novas vagas

Economia | 21-07-2018 10:15

Guardia e Ilan participam de reunião do G20 na Argentina

Guardia e Ilan participam de reunião do G20 na Argentina

Economia | 21-07-2018 07:58

Super Muffato realiza outlet com produtos abaixo de R$ 0,99 e descontos em marcas líderes

Super Muffato realiza outlet com produtos abaixo de R$ 0,99 e descontos em marcas líderes

Economia | 21-07-2018 07:45

Atraso na entrega de adubos e insumos ameaça produtividade do agronegócio

Atraso na entrega de adubos e insumos ameaça produtividade do agronegócio