Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel
Londrina
Cascavel

Reforma tributária nos EUA impulsiona bolsas de NY, que renovam recordes

15/12/17 às 18:40 - Escrito por Estadão Conteúdo
Foto: divulgação -

Os mercados acionários americanos apresentaram forte valorização nesta sexta-feira, 15, influenciados pelas perspectivas positivas em torno da reforma tributária nos Estados Unidos.

O índice Dow Jones fechou em alta de 0,58%, aos 24.651,74 pontos; o S&P 500 avançou 0,90%, aos 2.675,81 pontos; e o Nasdaq ganhou 1,17%, aos 6.936,58 pontos. Com esse resultado, os três indicadores renovaram máximas históricas de fechamento. Na semana, o Dow Jones subiu 1,31%, o S&P 500 teve alta de 0,88% e o Nasdaq avançou 1,27%.

O ambiente econômico continua a ser favorável para os mercados de ações, disseram analistas, embora o Federal Reserve (Fed, o banco central americano) veja mais aumentos nos juros no horizonte. Na quarta-feira, a autoridade monetária elevou a taxa dos Fed funds para a faixa entre 1,25% e 1,50% e sinalizou, por meio do gráfico de pontos, mais três subidas nos juros no próximo ano.

Com o Fed apostando no gradualismo, a política continua a ser um dos drivers dos investidores. Nesta sexta-feira, o mercado esteve atento a Washington e gostou do que veio de lá. Com o plano final de reforma tributária na iminência de ser divulgado, os líderes republicanos obtiveram o apoio de dois senadores da sigla: Marco Rubio (Flórida) e Bob Corker (Tennessee), que haviam expressado ressalvas quanto à proposta anteriormente.

As expectativas para uma redução dos impostos e uma revisão nas políticas fiscais dos EUA ajudaram a impulsionar os mercados acionários neste ano e uma falha na divulgação da lei pode acabar com o atual rali, disseram analistas.

"Definitivamente há um impulso no mercado graças à perspectiva de cortes nos impostos, mas não podemos nos esquecer que o crescimento econômico também é muito bom e tem apoiado o mercado todo o ano. As vendas no varejo desta semana sugerem que os consumidores estão gastando", afirmou o gerente de portfólio do Fort Pitt Capital Group, Kim Caughey Forrest.

A perspectiva de que a reforma tributária será aprovada na próxima semana novamente impulsionou o setor financeiro, que foi um dos destaques do dia. Entre os bancos, o J.P.Morgan teve alta de 1,41%, o Citigroup avançou 1,15% e o Wells Fargo ganhou 1,10%.

No noticiário corporativo, as ações da Walt Disney subiram 0,63%, à medida que os investidores continuam digerindo a compra da Fox pela Disney. Além disso, a notícia de que Star Wars: Os Últimos Jedi teve lucro estimado de US$ 45 milhões apenas na noite de estreia, sendo o segundo maior recorde de uma noite de estreia na história, fez com que os investidores continuassem otimistas com os resultados da Disney.

Também rendeu alguma influência sobre as bolsas americanas o fato de hoje ser dia de Quadruple Witching, quando acontece o vencimento simultâneo de futuros de índices, futuros de ações, opções sobre índice e opções sobre ações. (Com informações da Dow Jones Newswires)

© Copyright 2022 Grupo Tarobá