Valor de ajuda à Grécia não foi discutido com o FMI, diz presidente do Eurogrupo

Estadão Conteúdo
Economia | Publicado em 15/06/2017 às 17:30

O Eurogrupo não discutiu o valor de ajuda à Grécia com o Fundo Monetário Internacional (FMI), porém a organização está feliz com a definição do acordo, disse Jeroen Dijsselbloem, presidente do grupo, que reúne os ministros das Finanças da zona do euro, durante coletiva de imprensa.

A Grécia e seus credores chegaram a um acordo em reunião do Eurogrupo nesta quinta-feira. Os termos, assinados em Luxemburgo entre os ministros das finanças da zona do euro, liberam 8,5 bilhões de euros à Grécia e posterga uma decisão final sobre o alívio nos débitos do país até agosto do próximo ano. Com relação a essa questão, segundo o Eurogrupo, os vencimentos de alguns empréstimos da Grécia podem ser ampliados em até 15 anos.

Ainda segundo Dijsselbloem, não foi discutida outra linha de crédito de precaução à Grécia. Ele também disse que Atenas pode não pegar ajuda financeira, se não precisar.



Relacionados

Economia | 21-01-2019 11:05

Previsão do superávit comercial em 2019 cai para US$ 52,00 bi

Previsão do superávit comercial em 2019 cai para US$ 52,00 bi

Economia | 21-01-2019 10:50

Juros têm viés de alta com dólar e liquidez fraca em dia de feriado nos EUA

Juros têm viés de alta com dólar e liquidez fraca em dia de feriado nos EUA

Economia | 21-01-2019 10:50

Dólar sobe ante real e outras moedas emergentes após PIB da China

Dólar sobe ante real e outras moedas emergentes após PIB da China

Economia | 21-01-2019 08:35

Brasil leva a Davos 'refundação' da OMC

Brasil leva a Davos 'refundação' da OMC