Linha 4

Publicidade

Comunidade decide e Santa Terezinha de Itaipu terá colégio cívico militar

Redação Tarobá News

O colégio estadual Ângelo Antonio Benedet localizado no bairro Santa Mônica em Santa Terezinha de Itaipu será transformado em colégio cívico-militar. O resultado foi decidido por meio de uma consulta feita com a comunidade. Foram 304 votos favoráveis. De acordo com a direção do colégio, 456 pessoas estavam aptas a votar e eram necessários 229 votos a favor, o equivalente a (50% mais 1 voto).

Segundo a diretora do estabelecimento de ensino, professora Marli Deon, a aceitação da comunidade para essa nova modalidade de ensino, cívico militar, fora praticamente unânime.

“Percebemos a preocupação de todos os pais que votaram para que o processo se consolidasse, pois é desejo de todos uma educação de mais qualidade. Com a implantação do sistema, a partir de 2021, nossos alunos serão contemplados com uma grade curricular que garantirá a formação de todos como cidadãos que exercem seu papel social, com direitos e deveres sendo cumpridos através de cursos que serão ofertados dentro do colégio em contraturno. Temos a certeza que juntos, fizemos a melhor escolha. Agradecemos a todos que se envolveram de todas as formas para que nosso município e o Bairro Santa Mônica fossem contemplados com essa proposta inovadora de ensino” destacou a diretora.

Além do colégio de Santa Terezinha ligado ao Núcleo Regional de Educação de Foz do Iguaçu, também já está aprovada a implantação do formato cívico militar no colégio professora Carmelita de Souza, em Foz do Iguaçu.

Nos demais colégios pertencentes ao núcleo de Foz, assim como nos colégios do Estado, a votação foi prorrogada até sexta-feira (30). O novo prazo é para que seja atingido o quórum mínimo que é o voto de mais da metade da comunidade escolar. Até o dia (28), o programa foi aprovado em 52 colégios dos 215 anunciados pelo Governo do Estado.

A nova modalidade funcionará com gestão compartilhada entre militares e civis, ou seja, os militares atuarão na questão disciplinar enquanto os professores na área pedagógica. Um dos diferenciais, de acordo com o projeto, é o aumento da carga horária curricular, com aulas extras de português, matemática e valores éticos e constitucionais.

As unidades do programa de colégios cívico-militares foram selecionadas em municípios dos 32 Núcleos Regionais de Educação com mais de dez mil habitantes e que tenham ao menos duas escolas estaduais na área urbana, além das seguintes características: alto índice de vulnerabilidade social, baixos índices de fluxo e rendimento escolar e que não ofertem ensino noturno. Para implementar o programa, não haverá seleção de alunos.

O programa nacional das escolas cívico-militares é uma iniciativa do Ministério da Educação em parceria com o Ministério da Defesa, que apresenta um conceito de gestão nas áreas educacional, didático-pedagógica e administrativa com a participação do corpo docente da escola e apoio dos militares.

No Paraná 129 mil alunos de 117 municípios serão atingidos nesse novo formato de ensino, cujo investimento é de R$ 80 milhões de reais.

A informação de que o Colégio Ângelo Antônio Benedet se tornaria uma Escola Cívico Militar foi passada pelo presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ademar Traiano, na terça-feira (27). Essa foi mais uma grande conquista para Santa Terezinha de Itaipu através do trabalho do Deputado Traiano e uma conquista especial para o Bairro Santa Mônica.

Com informações: Portal Costa Oeste

COMENTÁRIOS

Publicidade

Publicidade