Londrina
Cascavel

TV Tarobá

Tarobá FM

  • Londrina
  • Cascavel

Escolas cívico-militar não precisam de teste seletivo

31/10/20 às 14:38 - Escrito por Redação Tarobá News

As 14 escolas da região de Londrina que tinha sido escolhidas pelo governo do Estado para possível mudança para modelo cívico-militar aprovaram a alteração. A votação terminou nesta sexta-feira (30) e segundo a chefe do Núcleo Regional de Educação, Jessica Pierri, a consulta pública foi necessária para que comunidade, de forma democrática, pudesse decidir. “Pais, alunos maiores de 18 anos, educadores, agentes puderam escolher”, explicou.

A chefe do Núcleo esclareceu ainda que entre as mudanças mais significativas desse novo modelo para o tradicional, está a inserção de mais uma aula diária, aulas de reforço de português e matemática, aula de ensino financeiro e a inclusão da matéria de cívico-militar.

“Esperamos que os militares levem a disciplina para dentro das escolas, a ética, mas a direção geral, continua com um professor da rede estadual de educação”.

Diferentemente da escolas militares, em que os alunos para ingressar precisam passar por um teste seletivo, na cívico-militar, segundo Jéssica Pierre, não há essa necessidade.

“Nós vamos abrir a escola de forma igual para todos. A escola tendo vaga, o aluno tem o direito a ela e não tem necessidade de teste para ingressar nesta unidade escolar”, apontou.

São cinco unidades em Londrina, três em Cambé, duas em Ibiporã, duas em Rolândia, uma em Bela Vista do Paraíso e uma em Sertanópolis. 

© Copyright 2022 Grupo Tarobá