Linha 4

Publicidade

Estudantes da rede municipal plantaram mudas em prol do Dia da Árvore

Redação Tarobá News

Fotomontagem: Emerson Dias / NCom com arquivos pessoais

As unidades da rede municipal de ensino estão promovendo várias ações para ensinar aos alunos sobre o Dia da Árvore, comemorado na próxima terça-feira (21). O objetivo principal dessas atividades é conscientizar as crianças sobre a importância das árvores, mostrar as diferentes espécies e como mantê-las, além de trabalhar essas informações em diferentes disciplinas.

No Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Dirce de Almeida Barros, os pequenos estudantes deram início a um pomar, e plantaram nove árvores frutíferas desde semana passada. O plantio encerrou hoje, sexta-feira (17), com mudas de amora, que se somaram aos pés de ameixa, pitanga, acerola e gabiroba.

A diretora do CMEI, Vanilda Lopes, explicou que a unidade também possui bananeiras e mandioca, plantadas recentemente, e uma horta. “Esse trabalho sobre elementos da natureza está sendo muito proveitoso. As crianças são muito participativas, não só gostaram de aprender a plantar como pedem para regar as mudas”, comentou.

O projeto de criação de um pomar para o CMEI Dirce de Almeida Barros é conduzido pela professora Daliane Yourack, que providenciou as mudas para plantio. A unidade fica na Rua Ernesto de Souza Guedes, Jardim Piza.

E na Escola Municipal Professora Maria Irene Vicentini Theodoro, 25 árvores foram plantadas ao longo dos últimos dias, com apoio da Secretaria Municipal do Ambiente (SEMA). Segundo a diretora da escola, Deise Macedo Reis Cavalcanti, o pátio, que estava vazio, agora possui seis ipês. “Também foram plantadas outras árvores próximas ao parque e à quadra esportiva, e no entorno da nossa escola”, disse.

Os estudantes também estão usando essas informações para o conteúdo aplicado na sala de aula. As crianças das turmas de P4 e P5 estão comparando o crescimento das plantas com o desenvolvimento infantil e fazendo pinturas. “Como a nossa expectativa é que eles permaneçam na escola até o 5° ano, eles terão a oportunidade de acompanhar a evolução dessas mudas bem de perto. Creio que isso trará um envolvimento muito bom para que protejam as árvores e cuidem da natureza e do ambiente”, comentou a diretora.

Na segunda-feira (20), um agrônomo irá visitar os alunos do 3° ano para ensinar mais sobre os ipês. A palestra, que começa às 9h, vai abordar as diferentes espécies e características da árvore cujo nome vem do tupi e significa “casca dura”. “Nas aulas de matemática, eles vão fazer cálculos de proporção usando os dados das árvores, o tamanho atual e estimativa de altura máxima. Nossa coordenadora pedagógica, Patrícia Pedro Mendonça Carvalho, está apoiando os professores e orientando, porque essa programação de atividades é interdisciplinar e envolve ciências, artes, matemática e outras áreas”, explicou Cavalcanti.

COMENTÁRIOS

Publicidade

Publicidade

Nós usamos cookies teste site para lhe proporcionar a melhor experiência possível lembrando de preferências em visitas anteriores. Clicando em "Aceitar" você aceita o uso de cookies e nossos Termos de Uso.