Linha 4

Publicidade

Instituições particulares de ensino superior são autorizadas a retomar aulas presenciais em Guarapuava

Redação Tarobá News

Um decreto da prefeitura de Guarapuava, na região central do Paraná, permitiu o retorno das aulas presenciais em instituições particulares de ensino superior.

A partir de 10 de agosto - data em que a norma publicada na sexta-feira (31) entra em vigor. Pelo decreto, a volta gradual das aulas presenciais é facultativa. As instituições terão que elaborar um plano de retorno, que precisará ser aprovado por uma comissão da prefeitura. Segundo o decreto, caso haja a liberação será preciso seguir medidas como a triagem clínica (questionário de sintomas) de professores, alunos e funcionários; distanciamento mínimo de 1,5 m; além do uso de máscara e fornecimento de álcool gel.

O decreto não exige a testagem de estudantes e profissionais, mas a secretaria de saúde do município informou que será necessário o monitoramento diário no acesso com aferição de temperatura e apontamento de sintomas gripais. A norma prevê que alunos do grupo de risco sejam mantidos em atividades remotas. Em caso de sintomas da covid-19, a pessoa deverá ficar afastada da instituição, e o caso suspeito é informado ao município de residência.  O município informou também que é obrigação das instituições manterem um canal de comunicação contínuo sobre as medidas de proteção, isolamento social e alerta sobre os sintomas.

Amanda Guedes

COMENTÁRIOS

Publicidade