Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

Quatro duplas brasileiras disputam etapa Elite de Paris do Circuito Mundial de Vôlei de Praia

28/09/22 às 07:40 - Escrito por Confederação Brasileira de Voleibol

Quando a jogadora de vôlei de praia Ana Patricia nasceu, em 1997, Roland Garros tinha acabado de entrar no imaginário esportivo brasileiro, com o primeiro dos três títulos que Gustavo Kuerten conquistaria no famoso Grand Slam de tênis francês. Nesta semana, ela e outras sete brasileiras tentam repetir o feito de Guga e colorir novamente o estádio de Paris de verde e amarelo. Mas em outro esporte bem diferente. A partir desta quarta-feira (28), a capital francesa recebe uma etapa Elite do Circuito Mundial de vôlei de praia. Além de Ana Patricia e sua parceira Duda, estarão em quadra Bárbara Seixas/Carol Solberg, Elize Maia/Thâmela e Tainá/Vic.


“É muito bacana quando podemos jogar em lugares famosos do esporte, como Roland Garros. E o Brasil tem história aqui com o Guga. Além disso, estamos na cidade que vai receber os próximos Jogos Olímpicos. São vários motivos para inspirar a gente a fazer um bom torneio”, afirmou Ana Patricia.


Duda/Ana Patricia e Bárbara Seixas/Carol Solberg estão garantidas no torneio principal, que começa na quinta (29.09) em Roland Garros. Elize Maia/Thâmela e Tainá/Vic jogam o qualifying nesta quarta-feira (28.09) no Stade Sand System em busca de uma vaga na fase de grupos.


Para dar suporte às duplas durante a competição, a CBV terá em Paris o gerente de seleções de praia, Pedro Paladino, o supervisor da comissão técnica permanente da CBV, Leandro Brachola, e os fisioterapeutas Eduardo Ruhling e Vinicius Marques. 


As duplas brasileiras já conquistaram 13 medalhas na temporada do Circuito Mundial: ouro no Elite de Gstaad (SUI) e bronze no Elite de Jurmala (LET) para Duda/Ana Patricia; pratas nas etapas Elite de Gstaad (SUI) e Jurmala (LET) e ouros nas etapas Challenge de Tlaxcala (MEX) e Doha (CAT) para Bárbara Seixas/Carol Solberg; prata no Elite de Ostrava (TCH) e bronze no Elite de Rosarito (MEX) para Talita/Rebecca; bronze no Elite de Jurmala (LET) e ouro no Challenge de Itapema (SC) para André/George; bronze nos Challenges de Itapema-SC (BRA) e Espinho (POR) para Andressa/Vitória  e bronze no Challenge de Tlaxcala (MEX) para Elize Maia/Thâmela.


Este ano, o Circuito Mundial adotou novo formato, dividido em etapas Elite, Challenge e Future. As disputas Elite – como a de Paris – reúnem os 12 primeiros colocados do ranking e quatro duplas vindas do qualifying. Os Challenges têm 24 duplas no torneio principal, oito delas vindas do qualifying, e são importantes para somar pontos no ranking e entrar na briga por um lugar no Elite. Os Futures são voltados para o desenvolvimento do esporte e dos atletas.


Confira a tabela completa de jogos

PRIMEIRA RODADA DO QUALIFYING

28.09 (QUARTA-FEIRA) - (Horário de Brasília)


3h30 – Elize Maia/Thâmela (BRA) x Szewczyk/Duval (FRA)
6h45 – Tainá/Vic (BRA) x Lahti/Ahtiainen (FIN)

© Copyright 2022 Grupo Tarobá