Alemanha diz que Irã deve cumprir acordo nuclear integralmente

Estadão Conteúdo
Mundo | Publicado em 15/07/2019 às 08:15

O vice-ministro de Relações Exteriores da Alemanha, Michael Roth, afirmou nesta segunda-feira que o Irã deve cumprir os termos do acordo nuclear internacional firmado em 2015 para realizar esperanças de laços econômicos melhores com outros países. O Irã, que sofre com sanções impostas pelos Estados Unidos, informou recentemente que ultrapassou os limites de urânio enriquecido estabelecidos pelo pacto nuclear.

Para Roth, esses movimentos podem ser revertidos se receberem incentivos econômicos suficientes. As potenciais europeias que ainda estão a bordo do acordo estão criando um sistema de permuta conhecido como Instex para negociar com Teerã. O vice-ministro alemão, ao chegar a uma reunião em Bruxelas, disse que "queremos manter nossa parte do acordo".

De acordo com Roth, o Instex "torna possível a cooperação econômica, mas é necessário que o Irã mantenha os compromissos que assumiu. Deve permanecer fiel ao acordo, caso contrário tudo isso não faz sentido". Fonte: Associated Press.



Relacionados

Mundo | 17-08-2019 19:40

Militares e civis do Sudão firmam acordo histórico para transição democrática

Militares e civis do Sudão firmam acordo histórico para transição democrática

Mundo | 17-08-2019 18:55

Israel diz que três mísseis foram lançados da Faixa de Gaza em direção ao país

Israel diz que três mísseis foram lançados da Faixa de Gaza em direção ao país

Mundo | 17-08-2019 10:40

Incêndio é controlado em campo saudita de petróleo após ataque

Incêndio é controlado em campo saudita de petróleo após ataque

Mundo | 17-08-2019 08:45

Pelosi diz que laço com Israel pode resistir à 'fraqueza' de Trump e Netanyahu

Pelosi diz que laço com Israel pode resistir à 'fraqueza' de Trump e Netanyahu