Após Alemanha, França paralisa exportação de armas à Turquia

Estadão Conteúdo
Mundo | Publicado em 12/10/2019 às 18:20

A França suspendeu neste sábado a exportação de qualquer armamento para a Turquia, que lançou nesta semana ofensiva contra os curdos na Síria.

Os ministérios da Defesa e das Relações Exteriores da França fizeram o anúncio por meio de um comunicado neste sábado. O texto reiterou a oposição à operação militar turca, que tem enfrentado grande condenação internacional.

A declaração diz que a França pressionará, durante reunião na segunda-feira. de ministros de Relações Exteriores da União Europeia, pelo apoio de "toda a Europa" pela suspensão das vendas de armas à Turquia. A Alemanha também anunciou no sábado que está reduzindo as exportações de armamento ao regime de Ancara.

A França argumenta que a ofensiva está causando problemas humanitários crescentes, além de ameaçar a luta internacional contra o Estado Islâmico, que também está infiltrado na região. "Está, portanto, ameaçando a segurança europeia", defendeu o governo francês.

Paris quer uma reunião da coalizão contra o Estado Islâmico para discutir os próximos passos no contexto das ações turcas. Fonte: Associated Press.



Relacionados

Mundo | 16-11-2019 08:05

França: Polícia usa gás para conter protestos de coletes amarelos

França: Polícia usa gás para conter protestos de coletes amarelos

Mundo | 15-11-2019 21:42

Apoiadores de Evo Morales entram em confronto com policiais na Bolívia

Apoiadores de Evo Morales entram em confronto com policiais na Bolívia

Mundo | 14-11-2019 09:35

Jeanine Áñez no gabinete contra evo Morales exilado no México

Jeanine Áñez no gabinete contra evo Morales exilado no México

Mundo | 13-11-2019 11:55

Eduardo Bolsonaro apoia tomada de embaixada da Venezuela por aliados de Guaidó

Eduardo Bolsonaro apoia tomada de embaixada da Venezuela por aliados de Guaidó

PUBLICIDADE