China anuncia que fechará fronteiras temporariamente a estrangeiros

Estadão Conteúdo
Mundo | Publicado em 26/03/2020 às 22:48

Por Agência Brasil

A China anunciou que vai barrar temporariamente a maioria dos estrangeiros de entrar no pais à medida que busca conter o número de casos importados do novo coronavírus.

O Ministério de Relações Exteriores anunciou nesta quinta-feira que mesmo cidadãos estrangeiros com permissão de residência serão impedidos de entrar no país a partir de sábado. Todas as políticas de trânsito livre de vistos também serão suspensas temporariamente.

Pequim diz que funcionários diplomáticos estarão isentos da medida, e cidadãos estrangeiros indo à china por "atividades econômicas, comerciais, científicas ou tecnológicas ou necessidades humanitárias emergenciais" ainda poderão concorrer a vistos.

O ministério disse em um comunicado que: "A suspensão é uma medida temporária que a China é obrigada a adotar à luz da situação do surto e de práticas de outros países."

O surto de coronavírus teve origem na China. Mas, à medida que o seu número de casos domésticos do vírus encolheu, o país teve de lidar com infecções levadas por pessoas que chegaram recentemente do exterior. Essas infecções respondem pela maioria dos novos casos na China há mais de uma semana.



Relacionados

Mundo | 01-04-2020 08:26

Coronavírus: UE lança programa de redução de jornada para manutenção de empregos

Coronavírus: UE lança programa de redução de jornada para manutenção de empregos

Mundo | 01-04-2020 07:25

Casa Branca prevê mínimo de 100 mil mortos nos EUA

Casa Branca prevê mínimo de 100 mil mortos nos EUA

Mundo | 01-04-2020 06:38

Trump oferece levantar sanções se Maduro deixar poder

Trump oferece levantar sanções se Maduro deixar poder

Mundo | 31-03-2020 18:35

França tem mais vítimas fatais que China; NY supera Hubei em número de casos

França tem mais vítimas fatais que China; NY supera Hubei em número de casos