EUA: Ex-Secretário de Segurança Interna vai depor na Câmara sobre caso russo

Estadão Conteúdo
Mundo | Publicado em 15/06/2017 às 15:20

O ex-secretário de Segurança Interna Jey Johnson vai depor em uma sessão aberta antes do comitê de inteligente da Câmara. O depoimento, que vai ser

na próxima quarta-feira (21), será sobre as investigações de suposta interferência da Rússia nas eleições presidenciais do EUA no ano passado.

Na semana passada, o democrata no Comitê de Inteligência da Câmara, Adam Schiff, disse que o Comitê iria pedir que Johnson testemunhasse sobre a interação que a administração do ex-presidente Barack Obama tinha com os secretários de Estado e os oficiais locais responsáveis pela eleição sobre os perigos que um ataque hacker da Rússia representaria para o sistema eleitoral.

O comitê de inteligência do Senado, que também está conduzindo uma investigação individual, conversou com Johnson sobre as atividades russas durante as eleições do ano passado nos EUA.



Relacionados

Mundo | 06-10-2018 11:55

Governo da Indonésia considera transformar áreas devastadas em valas comuns

Governo da Indonésia considera transformar áreas devastadas em valas comuns

Mundo | 06-10-2018 11:20

Nos EUA, criança de 2 anos põe mais de US$ 1.000 em triturador de papel

Nos EUA, criança de 2 anos põe mais de US$ 1.000 em triturador de papel

Mundo | 05-10-2018 16:25

Chefe da Interpol teria sido levado à China pelo Partido Comunista, diz jornal

Chefe da Interpol teria sido levado à China pelo Partido Comunista, diz jornal

Mundo | 05-10-2018 16:10

Nas Filipinas, porta-voz pede a Duterte que revele seu estado de saúde

Nas Filipinas, porta-voz pede a Duterte que revele seu estado de saúde