Índia instala "toque de recolher" de um dia para tentar reduzir contágio de vírus

Estadão Conteúdo
Mundo | Publicado em 22/03/2020 às 14:35

A Índia pediu uma paralisação nacional de um dia neste domingo, na esperança de retardar a disseminação do coronavírus. Das 7h às 21h, o bloqueio - apelidado de "toque de recolher do povo" pelo primeiro-ministro, Narendra Modi, as pessoas foram convidadas a ficar em suas casas e a maioria das empresas foi fechada.

As restrições eram voluntárias, mas cada Estado foi convidado a fazer o possível para ajudar os cidadãos a cumprir a medida. Os relatos iniciais mostraram que os indianos estavam levando o exercício a sério.

"As ruas estão vazias", tuitou o primeiro-ministro no domingo. "Mas a determinação de combater o COVID-19 está cheia".

Até agora, a Índia viu um número relativamente pequeno de casos de coronavírus. Neste domingo, havia confirmado cinco mortes e 324 infecções. Alguns especialistas médicos suspeitam que algumas infecções não estão sendo registradas porque a Índia, uma nação de 1,3 bilhão de pessoas, não está testando o suficiente.

Fonte: Associated Press



Relacionados

Mundo | 27-05-2020 10:01

Trump diz que está disposto a mediar disputa sobre fronteira entre China e Índia

Trump diz que está disposto a mediar disputa sobre fronteira entre China e Índia

Mundo | 27-05-2020 07:57

Mesmo com veto de viajantes, diplomata brasileiro diz que País é grato aos EUA

Mesmo com veto de viajantes, diplomata brasileiro diz que País é grato aos EUA

Mundo | 26-05-2020 19:10

Trump: Podemos ter vacina para coronavírus em breve

Trump: Podemos ter vacina para coronavírus em breve

Mundo | 25-05-2020 20:40

MP da Venezuela pede que partido de Guaidó seja declarado grupo 'criminoso'

MP da Venezuela pede que partido de Guaidó seja declarado grupo 'criminoso'

PUBLICIDADE