Itaipu lança licitação de ponte entre Paraguai e Mato Grosso do Sul

Redação Tarobá News
Mundo | Publicado em 19/07/2019 às 10:00

O presidente do Paraguai, Mario Abdo Benítez, e outras autoridades, entre elas, o governador do Estado de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja; os diretores-gerais brasileiro e paraguaio de Itaipu, general Joaquim Silva e Luna e José Alberto Alderete, participam neste sábado (20), em Carmelo Peralta (Departamento de Alto Paraguai), da solenidade de lançamento da licitação da obra da ponte que ligará o Paraguai ao Mato Grosso do Sul. O evento está marcado para as 10h (horário brasileiro).

As autoridades conhecerão o projeto da ponte, que ligará Carmelo Peralta (Departamento de Alto Paraguai) à cidade sul-mato-grossense de Porto Murtinho. De acordo com o governo paraguaio, a construção da ligação internacional sobre o Rio Paraguai faz parte de um plano de investimentos de grande porte em projetos estruturantes, impulsionados pelo Paraguai e Brasil, aproveitando os recursos gerados pelo empreendimento hidrelétrico binacional.

Enquanto a ponte da Integração Brasil-Paraguai, entre Foz do Iguaçu e Presidente Franco (já licitada e em fase de início), será bancada pela margem brasileira de Itaipu, a nova ponte será financiada pela margem paraguaia da usina. A previsão é que nas próximas semanas, o Governo do Paraná assine a ordem de serviço para dar início à construção da Ponte da Integração, que terá um novo cronograma, com início imediato da construção. Todos os processos burocráticos já foram superados.

O Governo do Estado será responsável pela gestão da obra, que, quando concluída, tornará a região de fronteira um “hub” regional, permitindo o incremento de importações e exportações entre o Paraná, o Paraguai e a Argentina, além de Chile e Bolívia.

De acordo com o general Silva e Luna “a Itaipu Binacional, além de garantir a segurança energética fundamental para o desenvolvimento do Brasil e do Paraguai, tem a preocupação de contribuir para que este progresso se dê de forma sustentável”. Ele acredita que o certame será muito disputado e que, ao final, a proposta vencedora conseguirá atender todas as exigências e, principalmente, construir a melhor obra ao custo mais justo possível.

A ponte entre Carmelo Peralta e Porto Murtinho possibilitará uma conexão bioceânica, ligando o Porto de Santos (SP), no Atlântico, aos portos do Chile (Pacífico), facilitando o escoamento da produção agrícola do MS e do Mato Grosso principalmente para os países do Oriente.

A exemplo da segunda ponte, esta ligação permitirá ainda intensificar o intercâmbio de mercadorias entre Brasil, Paraguai, Argentina, Bolívia e Chile. O governo paraguaio já iniciou as obras da rodovia que ligará a nova ponte ao Chile, passando pela Bolívia.




Relacionados

Mundo | 17-08-2019 22:15

Ataques aéreos apoiados pela Rússia matam sete membros da mesma família na Síria

Ataques aéreos apoiados pela Rússia matam sete membros da mesma família na Síria

Mundo | 17-08-2019 19:40

Militares e civis do Sudão firmam acordo histórico para transição democrática

Militares e civis do Sudão firmam acordo histórico para transição democrática

Mundo | 17-08-2019 18:55

Israel diz que três mísseis foram lançados da Faixa de Gaza em direção ao país

Israel diz que três mísseis foram lançados da Faixa de Gaza em direção ao país

Mundo | 17-08-2019 10:40

Incêndio é controlado em campo saudita de petróleo após ataque

Incêndio é controlado em campo saudita de petróleo após ataque

PUBLICIDADE