México: Tempestade tropical Lidia perde força após causar cinco mortes

Estadão Conteúdo
Mundo | Publicado em 02/09/2017 às 17:15

Foto: divulgação

A tempestade tropical Lidia, já enfraquecida, percorreu a península da Baja California no México, depois de inundar ruas e casas em cidades turísticas e causar a morte de pelo menos cinco pessoas no país.

Os ventos máximos sustentados da tempestade Lidia caíram para 65 km/h, pouco acima do limite mínimo para uma tempestade tropical, à medida que o centro da tempestade passou por uma área pouco povoada da península, que abriga uma grande reserva natural, e voltou para as águas do Pacífico. A previsão era de que a tempestade perdesse mais força ao longo do dia. O Centro Nacional de Furacões dos EUA disse que a tempestade atingiu o oeste de La Paz, capital do Estado de Baja California Sur, na sexta-feira.

As autoridades disseram que o número de mortos ainda pode aumentar durante o fim de semana à medida que as equipes de emergência avaliam a destruição nos vilarejos da região. Uma pessoa foi considerada desaparecida, e transmissões de TV de redes locais mostraram veículos sendo arrastados em rios com água acima do nível normal.

O governador de Baja California Sur, Carlos Mendoza, informou que a tempestade Lidia provocou 700 milímetros de chuva, "a maior quantidade de água que tivemos desde 1933". Entre os mortos, estão duas pessoas eletrocutadas por linhas de energia, uma mulher que se afogou depois de ser levada pela água em uma rua inundada e um bebê que foi levado pela água dos braços de sua mãe enquanto ela atravessava uma área inundada. Mendoza disse que na sexta-feira foi notificada a quinta morte relacionada à tempestade, mas não deu detalhes.

O secretário de Turismo do Estado, Luis Genero Ruiz, afirmou que cerca de 20 mil turistas estrangeiros ficaram presos na região depois que as companhias aéreas suspenderam voos por causa do fenômeno. Cerca de 1.400 pessoas buscaram refúgio em abrigos contra tempestades. Fonte: Associated Press.



Relacionados

Mundo | 21-09-2018 12:10

Três bebês e dois adultos são esfaqueados em creche de Nova York

Três bebês e dois adultos são esfaqueados em creche de Nova York

Mundo | 21-09-2018 11:00

Ao menos 100 morreram após naufrágio de balsa na Tanzânia

Ao menos 100 morreram após naufrágio de balsa na Tanzânia

Mundo | 21-09-2018 10:10

Temendo intervenção, Maduro evita termo 'crise humanitária'

Temendo intervenção, Maduro evita termo 'crise humanitária'

Mundo | 21-09-2018 09:55

Nos EUA, procurador interroga ex-advogado de Trump

Nos EUA, procurador interroga ex-advogado de Trump