Novo premiê francês vai se concentrar em manter empregos industriais

Estadão Conteúdo
Mundo | Publicado em 04/07/2020 às 16:16

O novo primeiro-ministro da França, Jean Castex, disse neste sábado que seu governo vai se concentrar em manter empregos nas fábricas, num momento em que a economia do país tenta se recuperar dos efeitos da pandemia do novo coronavírus. Castex fez o anúncio durante visita a uma fábrica de semicondutores perto de Paris.

Castex não explicou como seu governo vai salvar empregos, mas pediu mais investimentos em treinamento e novas ferramentas de produção.

O objetivo será "garantir o retorno de empregos e a manutenção sustentável de empregos industriais expostos à concorrência global", disse Castex a repórteres na fábrica da X-FAB em Le Coudray-Montceaux, ao sul de Paris. O governo enxerga a fábrica, que produz semicondutores para carros, telefones e outros equipamentos, como um exemplo da cooperação e da inovação europeia.

Antes de ser nomeado primeiro-ministro, Castex foi coordenador da estratégia de reabertura da economia francesa após o choque da pandemia de coronavírus. O primeiro-ministro e o presidente Emmanuel Mácron devem anunciar nos próximos dias o novo gabinete. Fonte: Associated Press.



Relacionados

Mundo | 05-08-2020 16:00

Após explosão, Líbano tem reservas de grãos para menos de um mês

Após explosão, Líbano tem reservas de grãos para menos de um mês

Mundo | 04-08-2020 14:18

Mega explosão devasta cidade de Beirute, no Líbano; veja as imagens

Mega explosão devasta cidade de Beirute, no Líbano; veja as imagens

Mundo | 04-08-2020 09:01

Dois brasileiros morrem em acidente de trânsito no Paraguai

Dois brasileiros morrem em acidente de trânsito no Paraguai

Mundo | 03-08-2020 10:33

Ex-papa Bento XVI está gravemente doente, diz jornal

Ex-papa Bento XVI está gravemente doente, diz jornal