Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

Papa critica quem prefere poder 'ao amor de Deus' na procissão da Via-Crúcis

30/03/18 às 23:15 - Escrito por Estadão Conteúdo
siga o Tarobá News no Google News!

Cerca de 20 mil fiéis encararam um rigoroso esquema de segurança para acompanhar a procissão da Via-Crúcis no Coliseu, em Roma, onde o papa Francisco criticou os que escolhem poder, dinheiro e conflitos "sobre o amor de Deus" e rezou para que a Igreja Católica seja sempre uma "arca de salvação e uma fonte de certeza e verdade".

Neste ano, as orações foram compostas por estudantes, em mais uma demonstração da dedicação do pontífice de ir ao encontro das esperanças e preocupações de jovens católicos.

Policiais e soldados italianos estavam em alerta, já que a Semana Santa está sendo celebrada após uma sequência de prisões de pessoas sob suspeita de planejar ataques extremistas.

Leia mais:

Imagem de destaque
ACIDENTE

Navio bate contra ponte que colapsa e cai com vários veículos nos Estados Unidos

Imagem de destaque
DIA MUNDIAL DA ÁGUA

Itaipu leva discussão sobre gestão compartilhada da água para conferência da ONU

Imagem de destaque
FIM DA FESTA

Maior fornecedor de armas e drogas para o Comando Vermelho, é preso em bordel no Paraguai

Josué da Cunha
INTERNACIONAL

Paranaense na Flórida, mostra cenário de destruição durante passagem do Furacão Ian

A cerimônia no Coliseu coincide ainda com uma nova polêmica no Vaticano sobre a suposta afirmação pelo Papa de que o inferno não existe. O Vaticano não negou que o pontífice tenha feito o comentário ao jornal La Repubblica, mas disse apenas que a citação não pode ser considerada uma "transcrição fidedigna" do que o Papa falou. (Associated Press)

Notícias relacionadas

© Copyright 2023 Grupo Tarobá