Partido de Peña Nieto vence no Estado do México e impulsiona peso mexicano

Estadão Conteúdo
Mundo | Publicado em 05/06/2017 às 12:55

Com aproximadamente 98% dos votos apurados na manhã desta segunda-feira, o Estado do México terá Alfredo del Mazo, candidato do Partido Revolucionário Institucional (PRI), do presidente Enrique Peña Nieto, como futuro governador. Mazo teve 33,68% dos votos contra 30,84% de Delfina Gómez, do Movimento de Regeneración Nacional (Morena).

A vitória de del Mazo apresenta um alívio para o partido de Peña Nieto antes das eleições presidenciais do próximo ano. A corrida pelo governo do Estado de México foi vista como referencial para o governo do presidente.

O resultado oficial deve ser divulgado nos próximos dias. No entanto, o líder de esquerda e fundador do Morena, Andrés Manuel López Obrador, rejeitou a apuração e afirmou que a rápida contagem da agência eleitoral estadual não era confiável. "Não aceitaremos esse resultado do PRI", disse Obrador, em uma declaração na TV. "Não aceitaremos essa fraude eleitoral", afirmou o líder, complementando que o Morena atuaria de forma responsável, não buscando a violência ou o confronto.

O resultado favorável ao partido de Peña Nieto alavancou o peso mexicano, fazendo com que a moeda do México avançasse ao maior nível desde setembro na comparação com o dólar. "Embora a aprovação do presidente esteja atualmente em um único dígito, a votação de ontem é um bom presságio para as chances de seu partido se manter na presidência nas eleições do próximo ano", disse a Capital Economics. Às 12h27 (de Brasília), o dólar recuava a 18,3930 pesos mexicanos, de 18,6893 pesos mexicanos no fim da tarde de sexta-feira.



Relacionados

Mundo | 25-09-2018 11:18

Força-tarefa da Lava Jato deflagra operação em Portugal

Força-tarefa da Lava Jato deflagra operação em Portugal

Mundo | 25-09-2018 09:55

Países rivais denunciarão Maduro no TPI

Países rivais denunciarão Maduro no TPI

Mundo | 25-09-2018 09:30

Argentina tem greve geral contra ajuste de Macri, que negocia com FMI

Argentina tem greve geral contra ajuste de Macri, que negocia com FMI

Mundo | 25-09-2018 08:25

Apesar de pedidos, não tenho plano de me reunir com presidente do Irã, diz Trump

Apesar de pedidos, não tenho plano de me reunir com presidente do Irã, diz Trump

PUBLICIDADE