Presidente do Paraguai quer um presidio exclusivo para o PCC

Redação Tarobá News
Mundo | Publicado em 09/09/2019 às 08:56

GDia

Poucos dias depois de enviar ao Congresso um projeto para que as Forças Armadas possam ir às ruas combater o crime organizado, o presidente paraguaio anunciou sua intenção de construir um presídio de segurança máxima para enjaular os bandidos do PCC.

Há alguns anos, o Primeiro Comando da Capital montou uma base forte no Paraguai para dominar algumas cidades fronteiriças e liderar o tráfico de armas e de drogas, assassinatos e roubos a bancos e a carros-fortes. A primeira grande ação do PCC foi a execução do "rei da fronteira", Jorge Rafaat, com metralhadora de guerra. Depois foi o assalto à Prosegur.

Dali pra frente, o Primeiro Comando da Capital e o Comando Vermelho foram alastrando-se pelo país vizinho, chegando a dominar algumas penitenciárias. Passaram a recrutar prisioneiros paraguaios e a promover assassinatos em massa das gangues paraguaias que não queriam curvar-se a seus domínios. Foi assim com membros do Clã Rotela — mortos, degolados e queimados dentro de uma penitenciária. 


Fonte: GDia - Adelino de Souza



Relacionados

Mundo | 17-11-2019 07:29

Após confrontos, Evo condena repressão e pede fim do 'massacre'

Após confrontos, Evo condena repressão e pede fim do 'massacre'

Mundo | 16-11-2019 08:25

Chile terá em 2020 plebiscito sobre nova Constituição

Chile terá em 2020 plebiscito sobre nova Constituição

Mundo | 16-11-2019 08:20

Confronto entre cocaleiros pró-Evo e policiais deixa 5 mortos na Bolívia

Confronto entre cocaleiros pró-Evo e policiais deixa 5 mortos na Bolívia

Mundo | 16-11-2019 08:05

França: Polícia usa gás para conter protestos de coletes amarelos

França: Polícia usa gás para conter protestos de coletes amarelos

PUBLICIDADE