Procurador-geral dos EUA anuncia revisão de relações com a imprensa

Estadão Conteúdo
Mundo | Publicado em 04/08/2017 às 13:00

Foto: divulgação

O procurador-geral dos Estados Unidos, Jeff Sessions, anunciou que o Departamento de Justiça (DoJ, na sigla em inglês) começará a revisar suas políticas de relação com a imprensa, após a divulgação de que o conselheiro especial Robert Mueller, que comanda a investigação independente sobre a suposta interferência russa nas eleições americanas, estaria convocando um grande júri.

O anúncio de Sessions ocorre uma semana depois das fortes críticas públicas feitas pelo presidente Donald Trump contra o procurador-geral. Segundo Sessions, os vazamentos podem comprometer a segurança nacional.

"Nós respeitamos o importante papel que a imprensa desempenha e continuaremos a respeitar. Mas isso não é ilimitado", afirmou o procurador-geral. "Os vazamentos não podem colocar a vida em risco com impunidade. Devemos equilibrar o papel da imprensa com a proteção da segurança nacional e da vida daqueles que servem na comunidade de inteligência, as Forças Armadas e todos os americanos que cumprem a lei", afirmou.



Relacionados

Mundo | 18-06-2018 05:30

Grupo ataca moradias com bombas de coquetel molotov

Grupo ataca moradias com bombas de coquetel molotov

Mundo | 18-06-2018 05:26

Terremoto sacode a Guatemala sem causar danos

Terremoto sacode a Guatemala sem causar danos

Mundo | 17-06-2018 21:29

Afilhado de Uribe, Iván Duque herdará país ainda marcado por décadas de conflito

Afilhado de Uribe, Iván Duque herdará país ainda marcado por décadas de conflito

Mundo | 17-06-2018 20:38

Na Turquia, TV estatal leva ao ar discurso de campanha de candidato preso

Na Turquia, TV estatal leva ao ar discurso de campanha de candidato preso

PUBLICIDADE