Sessenta mil pessoas comparecem a show beneficente de Ariana Grande

Redação Tarobá News
Mundo | Publicado em 04/06/2017 às 17:30

Uma plateia de aproximadamente 60 mil pessoas recebeu o retorno da cantora Ariana Grande a um palco em Manchester duas semanas depois de um bombardeio suicida ter deixado 22 vítimas fatais no último show dela na cidade. A multidão se mostrou animada com um repertório recheado de hinos pop motivadores.

Grande surgiu no palco do concerto One Love Manchester neste domingo aparentando estar emocionada e com os olhos cheios de lágrimas enquanto cantava "Be Alright" e "Break Free". Antes da performance, ela e seus bailarinos deram as mãos em solidariedade.

"Manchester, nós vamos ficar bem", disse ela. Mais tarde, a cantora retornou ao palco ao lado da banda Black Eyed Peas com o hit "Where Is the Love?".

O show deste domingo vai arrecadar dinheiro para vítimas do bombardeio suicida que atingiu uma arena na qual Ariana Grande se apresentava no dia 22 de maio. Ela visitou nesta sexta-feira em um hospital de Manchester alguns de seus fãs feridos no ataque.

O evento em Manchester ocorre um dia depois de ataques no coração de Londres terem deixado sete mortos. Autoridades disseram que o ataque começou com uma van que avançou em direção a pedestres e depois envolveu três homens usando facas e atacando pessoas em bares, restaurantes e num mercado próximo.

O show de Ariana Grande tem transmissão para o mundo todo e os recursos arrecadados serão enviados para um fundo de emergência criado pela cidade de Manchester e a Cruz Vermelha britânica.

"Nós não vamos desistir ou trabalhar com medo. Não vamos deixar isso nos dividir. Não vamos deixar o ódio vencer", escreveu a cantora em um comunicado ao anunciar o show beneficente na semana passada. Fonte: Associated Press.



Relacionados

Mundo | 06-10-2018 11:55

Governo da Indonésia considera transformar áreas devastadas em valas comuns

Governo da Indonésia considera transformar áreas devastadas em valas comuns

Mundo | 06-10-2018 11:20

Nos EUA, criança de 2 anos põe mais de US$ 1.000 em triturador de papel

Nos EUA, criança de 2 anos põe mais de US$ 1.000 em triturador de papel

Mundo | 05-10-2018 16:25

Chefe da Interpol teria sido levado à China pelo Partido Comunista, diz jornal

Chefe da Interpol teria sido levado à China pelo Partido Comunista, diz jornal

Mundo | 05-10-2018 16:10

Nas Filipinas, porta-voz pede a Duterte que revele seu estado de saúde

Nas Filipinas, porta-voz pede a Duterte que revele seu estado de saúde