Theresa May tenta unir Partido Conservador após derrota em eleições britânicas

Estadão Conteúdo
Mundo | Publicado em 12/06/2017 às 16:15

Foto: Legenda

A primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, tem procurado unir o Partido Conservador e se fortalecer no papel de líder, após ela ter perdido a maioria absoluta no Parlamento com os resultados das eleições gerais da semana passada.

Segundo a Associação Britânica de Imprensa, May, que foi recebida por aplausos dos conservadores durante 25 segundos, disse aos parlamentares conservadores, em uma reunião a portas fechadas, que planeja enfrentar os problemas de seu partido agora que a maioria absoluta foi perdida.

Citando duas fontes anônimas que estavam na reunião, a agência afirmou que May disse aos parlamentares que ela era a única que havia colocado o partido "nessa confusão" e que seria ela quem tiraria os conservadores dela.

A sessão havia sido marcada, originalmente, para a terça-feira, mas foi antecipada um dia para que May pudesse encontrar com os líderes do Partido Democrático Unionista (DUP, na sigla em inglês) na terça-feira. Além disso, ela irá se reunir com o presidente da França, Emmanuel Macron, no mesmo dia. Fonte: Associated Press.



Relacionados

Mundo | 15-08-2018 10:05

Número de mortos em queda de ponte na Itália chega a 39

Número de mortos em queda de ponte na Itália chega a 39

Mundo | 15-08-2018 09:30

Governo da Turquia diz estar "muito desapontado" com postura de EUA sobre pastor

Governo da Turquia diz estar "muito desapontado" com postura de EUA sobre pastor

Mundo | 15-08-2018 02:25

Turquia impõe tarifas a determinados produtos importados dos Estados Unidos

Turquia impõe tarifas a determinados produtos importados dos Estados Unidos

Mundo | 14-08-2018 21:30

2,3 milhões de pessoas deixaram Venezuela desde junho fugindo da crise, diz ONU

2,3 milhões de pessoas deixaram Venezuela desde junho fugindo da crise, diz ONU