UE anuncia que liberará viagens para alguns países a partir de 1º de julho

Estadão Conteúdo
Mundo | Publicado em 30/06/2020 às 11:00

A União Europeia informou que irá começar a suspender as restrições de viagens para residentes de países fora do grupo a partir de 1º de julho. A lista inicial conta com 15 países, sendo que a China está sujeita a confirmação de reciprocidade. Da América do Sul, apenas o Uruguai faz parte da lista.

De acordo com a União Europeia, a lista poderá ser revista ou atualizada a cada duas semanas.

Fazem parte da lista: Argélia, Austrália, Canadá, Geórgia, Japão, Montenegro, Marrocos, Nova Zelândia, Ruanda, Sérvia, Coreia do Sul, Tailândia, Tunísia, Uruguai e China.

Os residentes de Andorra, Mônaco, São Marinho e Vaticano, de acordo com comunicado da União Europeia, devem ser considerados residentes da UE para os fins desta recomendação.

"Os critérios para determinar os países terceiros para os quais a atual restrição de viagens deve ser levantada abrangem, em particular, a situação epidemiológica e as medidas de contenção, incluindo o distanciamento físico, bem como considerações econômicas e sociais", informa o comunicado.



Relacionados

Mundo | 09-07-2020 07:41

Pandemia deve ampliar em 48% mortes por fome

Pandemia deve ampliar em 48% mortes por fome

Mundo | 09-07-2020 07:20

Brasil não tem status especial, diz secretário de Estado dos EUA

Brasil não tem status especial, diz secretário de Estado dos EUA

Mundo | 08-07-2020 20:53

EUA chegam a 3 milhões de casos de covid-19, diz Johns Hopkins

EUA chegam a 3 milhões de casos de covid-19, diz Johns Hopkins

Mundo | 08-07-2020 19:00

Trump e Obrador assinam declaração conjunta de cooperação entre EUA e México

Trump e Obrador assinam declaração conjunta de cooperação entre EUA e México

PUBLICIDADE