UE pede que Reino Unido inicie negociações sobre "Brexit" o quanto antes

Estadão Conteúdo
Mundo | Publicado em 09/06/2017 às 08:15

Autoridades europeias demonstraram preocupação com o eventual impacto do resultado da eleição geral do Reino Unido nas negociações sobre o "Brexit" - como é conhecido o processo para a retirada do país da União Europeia -, e pediram que as conversas tenham início o quanto antes.

Na disputa eleitoral de ontem, o Partido Conservador da primeira-ministra britânica, Theresa May, continuou sendo o principal grupo político no Parlamento, mas perdeu sua maioria absoluta.

Em Berlim, uma porta-voz da chanceler alemã, Angela Merkel, afirmou hoje que o governo da Alemanha espera que as discussões sobre o Brexit comecem em breve.

Já Donald Tusk, presidente do Conselho Europeu, deixou claro que continuará seguindo o cronograma do Brexit, que prevê o fim das negociações num período de dois anos, ou seja, até o fim de março de 2019.

"Não sabemos quando as conversas do Brexit começam. Nós sabemos quando devem terminar. Façam o possível para evitar a falta de um acordo, como resultado da falta de negociações", disse Tusk no Twitter.

O principal negociador da UE para o Brexit, Michel Barnier, pediu que as discussões comecem em 19 de junho e adiantou que ele e sua equipe já estão divulgando suas posições. Em mensagem no Twitter, porém, Barnier reconheceu que a data exata para o início das conversas está indefinida.

"As negociações do Brexit devem começar quando o Reino Unido estiver preparado; o cronograma e as posições da UE são claras. Vamos nos concentrar em chegar a um acordo", afirmou Barnier na rede social.

O Reino Unido notificou oficialmente sua intenção de deixar a UE em março, dando início ao processo de dois anos para o rompimento com o bloco. Recentemente, Barnier tem defendido que esse tempo é curto para negociar os termos da separação e as condições das futuras relações entre Reino Unido e UE. Fonte: Dow Jones Newswires.



Relacionados

Mundo | 15-08-2018 10:05

Número de mortos em queda de ponte na Itália chega a 39

Número de mortos em queda de ponte na Itália chega a 39

Mundo | 15-08-2018 09:30

Governo da Turquia diz estar "muito desapontado" com postura de EUA sobre pastor

Governo da Turquia diz estar "muito desapontado" com postura de EUA sobre pastor

Mundo | 15-08-2018 02:25

Turquia impõe tarifas a determinados produtos importados dos Estados Unidos

Turquia impõe tarifas a determinados produtos importados dos Estados Unidos

Mundo | 14-08-2018 21:30

2,3 milhões de pessoas deixaram Venezuela desde junho fugindo da crise, diz ONU

2,3 milhões de pessoas deixaram Venezuela desde junho fugindo da crise, diz ONU

PUBLICIDADE