7 mil família não têm casa em Londrina; Cohab deve lançar projeto de novas habitações populares

Redação Tarobá News
Paraná | Publicado em 10/09/2019 às 23:49

A Cohab deve lançar em breve projetos de habitação popular com juros baixos para tentar diminuir o déficit de 7 mil famílias sem moradia. A companhia também trabalha para entregar empreendimentos que estão com cronograma atrasado, como o condomínio Alegro Villagio, na zona sul de Londrina, que já deveria ter sido entregue há dois anos.

A obra do Alegro Villagio foi retomada em julho. A Camargo Rodrigues assumiu o projeto por R$ 4 milhões e meio, com prazo de um ano para concluir. A construtora fez a limpeza e as medições na área, mas já diminuiu o ritmo dos trabalhos. O motivo é a insegurança sobre o recebimento de recursos do governo federal que vêm sendo contingenciados.

O condomínio fica no Conjunto Jamile Dequech, mas a empreiteira anterior faliu e a obra ficou parada. A Caixa Econômica precisou abrir uma nova licitação. São 7.500 metros quadrados no total, com nove blocos de quatro andares cada um. Cada apartamentos tem 43 metros quadrados. O orçamento da obra em 2013 era de R$ 9 milhões.

O último empreendimento do programa Minha Casa, Minha Vida entregue em Londrina foi o Residencial Vista Bela, em 2009. O Flores do Campo foi ocupado em 2016, após a paralisação das obras, e não tem previsão para ser retomado.

Reportagem: Lívia de Oliveira



Relacionados

Paraná | 16-09-2019 14:31

Deflagrada nova edição da operação Mata Atlântica em Pé em 17 estados

Deflagrada nova edição da operação Mata Atlântica em Pé em 17 estados

Paraná | 16-09-2019 14:26

Governo repassa R$ 2,7 milhões para Apaes e outras entidades

Governo repassa R$ 2,7 milhões para Apaes e outras entidades

Paraná | 16-09-2019 14:24

Iapar e Simepar desativam Alerta Geada

Iapar e Simepar desativam Alerta Geada

Toledo | 16-09-2019 13:51

TCE-PR reúne mais de 400 pessoas em Toledo, em curso sobre transparência

TCE-PR reúne mais de 400 pessoas em Toledo, em curso sobre transparência