Amante é presa acusada de exigir R$ 80 mil para não divulgar fotos intimas de empresário

Redação Tarobá News
Paraná | Publicado em 16/08/2019 às 18:42

A Polícia Civil do Paraná (PCPR) prendeu, na tarde de quinta-feira (15), uma mulher, de 35 anos, suspeita de tentar extorquir um empresário, sob ameaça de divulgar fotos íntimas na internet e ainda acusá-lo de estupro. A prisão aconteceu no bairro Santo Inácio, em Curitiba, no momento em que o homem entregaria o dinheiro.

Conforme apurado, a vítima e a suspeita tiveram um relacionamento extraconjugal e trocavam fotos íntimas através de aplicativo de mensagens no celular. Em determinado momento, a mulher ordenou que o homem lhe pagasse R$ 80 mil para não divulgar as fotografias dele na internet.

Além disso, a suspeita ameaçou registrar um Boletim de Ocorrência fazendo uma falsa acusação contra o homem por crime de estupro.

Desesperado, o empresário procurou a PCPR e relatou a situação. Diante do fato, policiais civis o acompanharam até o local em que, supostamente, seria feita a entrega do dinheiro e conseguiram prender a mulher em flagrante.

Na delegacia, ela confessou a prática criminosa. Disse ainda, que teria cometido o crime, pois precisava urgente do dinheiro para pagar um transplante para sua mãe.

A mulher é mineira e cuidava de idosos na Capital, não contava com passagens policiais e foi autuada em flagrante por extorsão. Agora, ela aguarda detida à disposição da Justiça.

Fonte: Banda B



Relacionados

Paranavaí | 13-09-2019 18:07

Suposto meteoro impressiona moradores no Paraná

Suposto meteoro impressiona moradores no Paraná

Curitiba | 13-09-2019 17:03

Depois de briga, mulher furta 60 calcinhas, enxoval de bebê e outras roupas de amiga

Depois de briga, mulher furta 60 calcinhas, enxoval de bebê e outras roupas de amiga

Curitiba | 13-09-2019 16:29

Paraná reduz roubos de celulares pelo terceiro ano seguido

Paraná reduz roubos de celulares pelo terceiro ano seguido

Paraná | 13-09-2019 15:52

Paraná reduz roubos de celulares pelo terceiro ano seguido

Paraná reduz roubos de celulares pelo terceiro ano seguido

PUBLICIDADE