Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

Central Única de Vagas divulga balanço de atendimentos

17/01/18 às 18:15 - Escrito por Redação Tarobá News

A Central Única de Vagas da Educação Infantil divulgou, nesta terça-feira (16), o balanço de atendimentos prestados. Desde sua criação, em 22 de fevereiro de 2017, a Central de Vagas oportunizou a 2.490 alunos o encaminhamento para os Centros de Educação Infantil municipais e filantrópicos. Foram realizadas 4.302 entrevistas, necessárias para avaliação de cada caso e posterior matrícula. 

Diariamente, são realizados 50 cadastros, em média, na Central de Vagas, inclusive para alunos com necessidades especiais. E para o início deste ano, a expectativa é que sejam preenchidas mais 1.450 vagas de Educação Infantil. 

No ano passado, a SME atendeu a 43.072 alunos. Destes, 15.593 na Educação Infantil, sendo 6.662 crianças matriculadas nas turmas que atendem a faixa etária de zero a três anos. 

Por meio da Central de Vagas, os pais ou responsáveis de crianças com idade de zero a três anos são encaminhados para realizar a matrícula em vagas existentes nos Centros de Educação Infantil. É necessário apresentar uma série de documentos, e passar por entrevista e análise socioeconômica para que, conforme a necessidade da família, a criança obtenha a vaga em período integral.

Para a secretária municipal de Educação, Maria Tereza Paschoal de Moraes, a criação da Central de Vagas trouxe celeridade na inserção de crianças na rede municipal de ensino. “A Central de Vagas foi essencial para organizar o atendimento destas crianças e atender as famílias. De acordo com a Defensoria Pública de Londrina, desde a sua criação o número de ações judiciais pedindo vagas na educação infantil diminuiu em 80%”, apontou.

Em 2018, a Central de Vagas está atendendo nascidos até a data limite de 31 de março de 2015, com base na idade de corte. Segundo Maria Tereza, a SME tem grandes expectativas para a Educação Infantil, neste ano. “Nossa previsão é ampliar ainda mais o atendimento, graças à contratação de professores e novas entidades filantrópicas sendo credenciadas, ou seja, as expectativas são as melhores possíveis. Pretendemos trazer bastante qualidade ao trabalho, com um projeto de formação muito interessante”, adiantou. 

Como funciona – A Central de Vagas conta com servidoras da SME, e uma assistente social da Secretaria Municipal de Assistência Social. Localizada no CMEI Valéria Veronesi, durante as férias escolares a central está aberta das 8 às 18 horas, de segunda a sexta-feira. A partir de março, o atendimento retorna ao horário normal, das 7 às 18 horas, também de segunda a sexta-feira. Os telefones para contato são 3375-0220 e 3375-0282, e o endereço é Rua Benjamin Constant, 800, próximo ao Terminal Urbano.

É preciso agendar a entrevista, pessoalmente ou por telefone. No ato da entrevista devem ser apresentados diversos documentos, que comprovem a condição socioeconômica da família, endereço, entre outros itens. A lista completa de documentos está disponível na página inicial do Portal da Prefeitura, no banner “Central de Vagas”, que pode ser acessado pelo link https://goo.gl/8d1jwJ. 

A gerente da Central de Vagas, Hylceya de Jesus Ferreira Palma, apontou que para selecionar em qual unidade o aluno será matriculado é feita a avaliação da necessidade da família. “A equipe analisa junto ao responsável o melhor local para a matrícula da criança, verificando a logística para levar e buscar, questão de tempo, distância, qual o meio de transporte utilizado, entre outras questões. É um atendimento bem específico, que demanda muita empatia”, citou.

(com N.Com)

© Copyright 2022 Grupo Tarobá