CGE garante devolução de recursos e participação popular

Larissa Maler
Paraná | Publicado em 21/04/2019 às 10:00

A Controladoria-Geral do Estado (CGE) implantou medidas anticorrupção e participou do acordo que devolveu aos cofres públicos R$ 33 milhões, nesses primeiros 100 dias de governo. Também já atendeu perto de 30 mil solicitações de cidadãos, por meio da Ouvidoria, e implantou programa de compliance em três secretarias de Estado, entre outras ações.

O controlador-geral Raul Siqueira afirmou que o trabalho está em consonância com as determinações do governador Carlos Massa Ratinho Júnior, para uma gestão ética e preocupada com a população.

Segundo ele, o resultado com mais impacto até agora foi a assinatura do acordo de leniência, junto com o Ministério Público, para devolução de R$ 33 milhões.

O dinheiro diz respeito ao acordo com a Ouro Verde Locação e Serviços, que se comprometeu a estancar qualquer prática relacionada à corrupção. “Toda irregularidade produz lucro indevido a alguém. O recurso que saiu dos cofres públicos por vias ilícitas terá de ser devolvido ao Governo, para ser usado em postos de saúde, escolas e outras ações que beneficiem a população. Vamos monitorar este e futuros acordos de leniência”, afirmou Siqueira.

Fonte: AEN



Relacionados

Londrina | 21-05-2019 10:02

Com frente fria, Londrina terá mínima de 7ºC, prevê Simepar

Com frente fria, Londrina terá mínima de 7ºC, prevê Simepar

Curitiba | 21-05-2019 09:54

Com recorde de valores devolvidos, Nota Paraná celebra quatro anos

Com recorde de valores devolvidos, Nota Paraná celebra quatro anos

Paraná | 21-05-2019 09:33

Em menos de cinco meses, combustíveis sobem até 11,2% no Paraná

Em menos de cinco meses, combustíveis sobem até 11,2% no Paraná

Londrina | 20-05-2019 21:31

Moradores da zona oeste afirmam que vizinho tortura e mata cães e gatos

Moradores da zona oeste afirmam que vizinho tortura e mata cães e gatos

PUBLICIDADE