Clínicas investigadas pelo GAECO podem ser interditadas em Londrina

Redação Tarobá News
Paraná | Publicado em 13/02/2019 às 20:16

Rescisão de contrato, pedido de intervenção e afastamento definitivo da diretoria. Essas alternativas foram discutidas na manhã desta quarta-feira (13) em uma reunião no Ministério Público para tratar das duas clínicas - uma psiquiátrica e outra para dependentes químicos - que atendem pelo SUS e são alvos de uma investigação do GAECO. Para a Secretaria Municipal de Saúde, ficou a sugestão de substituir auditores e fiscais da vigilância sanitária, que nas inspeções de rotina, nunca encontraram os problemas revelados agora.

Reportagem: Kathulin Tanan.



Relacionados

Curitiba | 19-02-2019 16:57

CGE apresenta programa de Compliance a procurador da República

CGE apresenta programa de Compliance a procurador da República

Bela Vista do Paraíso | 19-02-2019 16:06

Chuva intensa alaga ruas e casas em Bela Vista do Paraíso

Chuva intensa alaga ruas e casas em Bela Vista do Paraíso

Curitiba | 19-02-2019 15:36

Ratinho Junior diz que vai intensificar combate ao feminicídio

Ratinho Junior diz que vai intensificar combate ao feminicídio

Curitiba | 19-02-2019 14:43

Ônibus Lilás atende mulheres em dez municípios em março

Ônibus Lilás atende mulheres em dez municípios em março

PUBLICIDADE