Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

Começa julgamento do agropecuarista Mauro Janene

22/03/18 às 10:03 - Escrito por Sthefany Terlera
siga o Tarobá News no Google News!

O julgamento do pecuarista Mauro Janene começou por volta das 09h no Tribunal do Júri do Fórum de Ponta Grossa. Ele é suspeito de matar a professora Maria Estela Pacheco em 2000. 

O júri foi adiado sete vezes e transferido para lá a pedido da defesa que alegou que a comoção popular poderia influenciar os jurados. Já é a oitava audiência marcada. A última decisão de adiamento aconteceu em fevereiro depois de um pedido da advogada do réu que alegou que não poderia comparecer ao julgamento por problemas de saúde. 

A família de Estela também foi para Ponta Grossa acompanhar o caso. A previsão é que o julgamento termine no fim da tarde. 

Leia mais:

Imagem de destaque
SEGUNDO A SESA

Com baixo estoque para sangues tipo O+ e O-, Paraná solicita doação de sangue

Imagem de destaque
INSCRIÇÕES GRATUITAS

IAT abre nova turma para capacitação de brigadistas voluntários

Imagem de destaque
ATÉ 31 DE JULHO

Alunos de universidades estaduais podem fazer disciplinas de pós da UFPR

Imagem de destaque
SEGUNDO SEMESTRE

Cerca de um milhão de estudantes da rede estadual volta às aulas nesta quarta

Relembre o caso

Estela Pacheco foi encontrada morta no térreo de um edifício na rua Paranaguá, centro de Londrina, em outubro de 2000, depois de cair do apartamento onde morava o agropecuarista no 12º andar. 

Os dois eram namorados. Segundo as investigações, a professora já estava morta quando teria sido jogada da sacada a uma altura de 36 metros. Janene, que alega inocência, falou em depoimento que o caso se trataria de acidente ou suicídio. A família quer a condenação.

Notícias relacionadas

© Copyright 2023 Grupo Tarobá