Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel
Londrina
Cascavel

Crianças e adolescentes em tratamento na Uopeccan visitam as Cataratas do Iguaçu

13/12/17 às 15:37 - Escrito por Ellen Santos

A terça-feira, 12, foi inesquecível para os pequenos pacientes em tratamento na Oncopediatria do Hospital Uopeccan. Isso porque nesta data, 16 crianças e adolescentes viajaram com uma equipe da Uopeccan até Foz do Iguaçu. Por lá, puderam conhecer uma das sete maravilhas da natureza, as Cataratas do Iguaçu, o Museu de Cera e o Parque de Dinossauros.

Pela primeira vez nas Cataratas, a pequena Ketlyn Belchior, só conseguia sorrir. "É muito bonito!", exclamava ela para a sua mãe. Enquanto ela se maravilhava com a beleza, os menores aproveitavam a "chuva". "Mamãe, aqui tem muita água. Começa lá em cima e cai tudo aqui embaixo. Olha que legal, mamãe", gritava o pequeno Pietro Bussler, enquanto esticava os braços e se abria para receber as gotinhas de água que vinham das Cataratas.

Mas entre os olhares atentos e maravilhados, Eduardo Führ, de 17 anos, se destacava. "Eu quero ir lá na passarela. Não vim aqui pra perder esta chance", exclamou. Em poucos minutos, lá estava ele, na passarela, observando a queda das águas bem de pertinho. "É gelado, mas é tão gostoso", complementou Thainara de Oliveira Martins, de 13 anos.

Com o passeio nas Cataratas concluído, a excursão continuou no McDonald's. "Eu amo esse sanduíche, doutora", disse uma das crianças enquanto estava a caminho do restaurante. Lá, todos ganharam um sanduíche especial do dia e, também, um refrigerante. Depois, já com as energias recarregadas, o passeio continuou no complexo Dreamland.

Ainda sem pisar no parque, as crianças e adolescentes já ficaram fascinados com os carros e o Transformer expostos na entrada do local. Dentro, já na recepção,o astro do momento foi a estátua do Homem de Ferro. "Olha só, mamãe... É o mesmo que eu vejo nos desenhos", contou Theo Fernando de Moura, enquanto pedia para a mãe tirar fotos dele e do personagem que protagoniza histórias de super heróis.

Dentro do museu, todos se divertiram com as diversas estátuas e com a proximidade delas com a realidade. 

Com o passeio no Museu encerrado, o roteiro continuou no Parque dos Dinossauros. Entre os sons dos bichos pré-históricos, era possível ouvir os gritos de susto e as risadas de alegria dos pequenos pacientes. Ana Paula Del Cielo, no entanto, não sentiu medo, não. 

Após várias fotos não só da Ana, como também de todos os que estavam no passeio, mais uma surpresa aguardava a turma na saída do Dreamland: a Cia do Riso. Com a surpresa, os pacientes aproveitaram mais um momento de brincadeiras, músicas, cantigas de roda e muitos presentes, afinal, todos saíram dali com uma "Naninha do Bem" à tira colo. "A gente preparou tudo com muito amor", destacou Marcia.

Em meio a muita alegria e euforia, o passeio terminou às 20h10, quando o ônibus estacionou em frente à Casa de Apoio do Hospital Uopeccan para deixar os passageiros. Se valeu a pena? “Foi um dos melhores dias da minha vida”, disse Maria Vitória Lucci ao deixar o veículo. Quer resposta melhor que essa?!

Assessoria

© Copyright 2022 Grupo Tarobá