Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

Estação de tratamento de Foz do Iguaçu é premiada como melhor planta de saneamento do País

21/04/23 às 08:45 - Escrito por Agência Estadual de Notícias
siga o Tarobá News no Google News!

A Estação de Tratamento de Esgoto Ouro Verde, de Foz do Iguaçu, foi premiada como a melhor planta sustentável de saneamento do País, durante o 5º Fórum Sul Brasileiro de Biogás e Biometano, realizado em Foz, entre 18 e 20 de abril. A unidade da Sanepar trata o esgoto coletado dos moradores da região sul da cidade de forma sustentável e inovadora. Os projetos desenvolvidos na ETE têm foco na microgeração de energia distribuída híbrida, que é a aplicação conjunta de biogás, energia solar e hidroenergia.


“A Sanepar tem tradição na utilização do biogás e um potencial muito grande de aumentar esse uso devido ao alto volume de biogás que já produzimos nas estações de todo o Paraná. Isso traz benefícios ao meio ambiente e também contribuirá para a modicidade tarifária, como preconiza o marco do saneamento”, afirma o diretor-presidente da empresa, Claudio Stabile.


A Companhia é pioneira em fazer o aproveitamento energético do gás gerado nas estações de tratamento de esgoto. A ETE Ouro Verde foi a primeira do país a aderir ao sistema de compensação de energia elétrica, certificada pela Aneel, com energia movida a biogás.

Leia mais:

Imagem de destaque

BPFRON apreende mercadorias avaliadas em mais de R$ 100 mil em operação "Cidade Segura"

Imagem de destaque
NOTAS FALSAS

PF prede dupla com notas falsas em Foz do Iguaçu

Imagem de destaque
PENITENCIÁRIA

Piana inaugura unidade prisional com 392 vagas no complexo penitenciário de Piraquara

Imagem de destaque
INCINERADAS

PF realiza incineração de 7 toneladas de drogas na região oeste do Paraná


Além dela, a ETE Belém, em Curitiba, gera energia elétrica a partir do lodo de esgoto que é processado na CS Bioenergia. E, na Estação Atuba Sul, também em Curitiba, um gasômetro armazena o biogás que é utilizado para a secagem do lodo que posteriormente será utilizado como biomassa.


“Todo trabalho reflete um projeto de inovação com base no conceito de eficiência energética e economia circular”, explicou o gerente de Pesquisa e Inovação da Sanepar, Gustavo Possetti, durante apresentação dos projetos da Sanepar no Fórum.


Com financiamento do banco alemão KfW, a Sanepar está ampliando o uso da tecnologia de aproveitamento de biogás na geração de energia em mais oito estações de esgoto no Estado.


VISITA TÉCNICA – Nesta quinta-feira (20), como parte da programação do Fórum de Biogás, cerca de 40 profissionais da área de bioenergia de várias regiões do país visitaram a ETE Ouro Verde para conhecer o processo de tratamento aliado à produção de energia limpa. A estação tem capacidade de tratar até 70 litros por segundo de esgoto doméstico, atendendo 35 mil habitantes.


Na Ouro Verde, há o aproveitamento de dois subprodutos da estação. No processo de geração de energia elétrica, a partir do biogás, o sistema tem um conjunto de motor, com 25 kW de potência nominal, combinado com placas solares. A energia gerada e não consumida na ETE vai para a rede pública. Entre 2020 e 2022, foram compensados mais de 18,5 MWh de energia.


O outro subproduto é o lodo do esgoto, que é higienizado e entregue à agricultura como fertilizante.


PROFISSIONAL PREMIADO – O gerente de Pesquisa e Inovação da Sanepar, Gustavo Collere Possetti, também foi premiado no 5º Fórum Sul Brasileiro de Biogás e Biometano. Possetti conquistou o terceiro lugar entre os melhores profissionais do setor no País.

Notícias relacionadas

© Copyright 2023 Grupo Tarobá