Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

Estado atualiza técnicos municipais sobre CadÚnico e acesso ao Bolsa Família

01/06/23 às 10:15 - Escrito por Agência Estadual de Notícias
siga o Tarobá News no Google News!

O Governo do Estado promove uma série de seminários para formação continuada e aprimoramento de profissionais dos municípios que atuam diretamente na gestão e operacionalização do Cadastro Único (CadÚnico) e do Programa Bolsa Família (PBF).


O primeiro encontro foi em Curitiba nesta segunda e terça-feira (26 e 27). O próximo será em Londrina, em 13 e 14 de junho. As reuniões são destinadas a técnicos da assistência social e áreas afins, além de conselheiros municipais de Assistência Social. O objetivo é propiciar atualização das normativas e diretrizes, abrir espaço para discussão, troca de experiência e reflexão entre as gestões municipais. 


Os seminários são realizados pela Secretaria de Desenvolvimento Social e Família, em parceria com as secretarias da Saúde, Educação e Agricultura e Abastecimento e o Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico e Social (Ipardes) - que compõem a Coordenação Estadual Intersetorial do PBF e do CadÚnico.

Leia mais:

Imagem de destaque
20 DIAS

Loucas atrás de homem: desembargador pede licença remunerada após polêmica

Imagem de destaque
SAÚDE

Saúde monitora serpentes e garante soro que neutraliza ação do veneno

Imagem de destaque
ÓTIMOS RESULTADOS

Paraná bate recorde em exportações para Ásia, África e Oriente Médio

Imagem de destaque
PONTAL

Litoral paranaense recebe etapa nacional de bodyboarding pelo segundo ano consecutivo


Os Seminários acontecem em oito grandes cidades do Paraná e tem a previsão de participação de mais de 2.600 pessoas, dos 399 municípios. Os encontros acontecem em modelo híbrido – presencial e online, transmitidos pelo site da Escola de Gestão do Paraná.


Na abertura do encontro em Curitiba, o secretário do Desenvolvimento Social e Família, Rogério Carboni, destacou que o trabalho em conjunto com as demais secretarias garante que cada vez mais paranaenses possam ter melhoria na qualidade de vida.


“Precisamos tratar a política pública com sinergia, com união. Muitas vezes estamos sem nos visitar, sem conversarmos sobre ações que convergem e esses encontros têm esse objetivo”, disse Carboni. Segundo ele, a integração é fundamental. “Eventos assim nos ajudam ser melhores. Estimulo a todos que façam isso mais vezes nos municípios para avançarmos cada vez mais”.


CURITIBA – O Seminário Macrorregional Intersetorial – macro Curitiba contou com a participação de profissionais que atuam nas Coordenações Municipais do PBF, nas políticas de assistência social, saúde e educação; conselheiros municipais de assistência social (governamental e sociedade civil) de 36 municípios, além de técnicos das regionais estaduais e representantes das secretarias parceiras.


Segundo Magali Socher Luiz, coordenadora estadual do CadÚnico e do PBF, no Paraná são mais de 590 mil famílias beneficiárias do Bolsa Família que terão alterações nos valores dos benefícios. Além disso, outra mudança significativa é o aumento do critério de renda para ingressar no programa, que passa de R$ 210,00 per capita na família para R$ 218,00 por pessoa.


“Essas atualizações precisam chegar até a ponta, estarmos em constante conversa com os técnicos, nos ajuda para que aquelas pessoas que possuem esse direito, consigam acessá-lo e principalmente, que o façam de forma segura e correta”, disse.


O CadÚnico é a porta de entrada para diversos programas sociais. O Paraná tem 4.305.339 pessoas inscritas e, além disso, as informações também são utilizadas para planejamento de políticas públicas. A atualização permite que o sistema consiga refletir a realidade das famílias nos municípios.

As próximas cidades a receberem o Seminário Macrorregional são:


Londrina - 13 e 14/06/2023


Cascavel - 04 e 05/07/2023


Umuarama - 16 e 17/08/2023


Maringá - 22 e 23/08/2023


Guarapuava- 29 e 30/08/2023


Francisco Beltrão - 18 e 19/10/2023


Ponta Grossa- 26 e 27/10/2023


Confira as principais mudanças no Programa Bolsa Família:


Novo valor


Mantém no mínimo R$ 600,00 por família, além dos seguintes acréscimos


• R$ 150,00 por criança de até 6 anos


• R$ 50,00 por criança ou adolescente de 7 a 18 anos incompletos


• R$ 50,00 por gestante


Direito de acessar o programa


• Pessoas inscritas no CadÚnico, com última atualização do cadastro em até 24 meses e  e sem pendência 

nos processos de qualificação cadastral


• Renda familiar igual ou menor que R$ 218,00 por pessoa

Notícias relacionadas

© Copyright 2023 Grupo Tarobá