Experiência na Amazônia qualifica bombeiros para atuação no PR

Redação Tarobá News
Paraná | Publicado em 20/09/2019 às 13:37

Foto: AEN

A atuação que os bombeiros paranaenses tiveram na Amazônia, integrando a Operação Verde Brasil, do Ministério da Defesa, será valiosa para os trabalhos no Paraná, em favor da população do Estado. “Nossa experiência na Amazônia nos prepara para o trabalho que faremos no nosso Estado”, avalia o tenente-coronel Fernando Raimundo Schunig, comandante da equipe paranaense e do 3º Comando Regional dos Bombeiros, sediado em Cascavel (Oeste).

“Conseguimos controlar o fogo de uma área muito grande, que tinha desde plantas rasteiras até árvores de grande porte. Era muita área queimada”, conta o comandante. “Apesar das dificuldades de acesso e do desgaste físico, a temperatura local superava os 40ºC e perto dos locais de incêndio chegava a 300ºC, voltamos para casa com a sensação de missão cumprida”, afirma o tenente-coronel.

Leia mais: AEN

Os bombeiros paranaenses começam nesta sexta-feira (20) os preparativos para retornar, após 15 dias na região. Por determinação do governador Carlos Massa Ratinho Junior, 30 profissionais de diferentes regiões do Estado integraram a Operação Verde Brasil. Eles saíram do Paraná em 4 de setembro e chegaram no dia seguinte à região de Novo Progresso, no Sul do Pará. A equipe deve desembarcar em Curitiba neste sábado (21).




Relacionados

Londrina | 03-06-2020 13:58

Acesf compra jazigos particulares para garantir vagas em cemitérios

Acesf compra jazigos particulares para garantir vagas em cemitérios

Curitiba | 03-06-2020 13:54

Governo repassa R$ 8,1 milhões para equipar o Hospital Erastinho

Governo repassa R$ 8,1 milhões para equipar o Hospital Erastinho

Londrina | 03-06-2020 13:03

Oito servidores municipais de Londrina já devolveram auxílio emergencial

Oito servidores municipais de Londrina já devolveram auxílio emergencial

Paraná | 03-06-2020 12:53

Polícia Civil abre registro de violência doméstica pela internet

Polícia Civil abre registro de violência doméstica pela internet