Grávida com suspeita de Covid-19 diz que ficou sem isolamento em hospital

Redação Tarobá News
Paraná | Publicado em 26/03/2020 às 12:43

A Tarobá recebeu uma denúncia grave de uma mulher grávida com suspeita de coronavírus internada na UTI no Hospital Evangélico de Londrina. Ela alega que procurou atendimento, mas ficou 9 horas sem isolamento.

Confira a nota do Hospital Evangélico:

O Hospital Evangélico de Londrina comunica que tem tomado todas as medidas para o enfrentamento da pandemia de COVID-19. Uma junta de especialistas faz parte de um comitê interno de crise que estabelece as diretrizes direcionados pelo Ministério da Saúde. Dentre elas, um fluxo específico para os casos suspeitos de COVID-19, em que todos os pacientes com síndromes respiratórias aguardam com máscara o atendimento em uma sala específica e isolada das demais. Com isto, casos que não sejam síndromes respiratórias não tem contato com outros pacientes.

A paciente Manuela C. Volpini deu entrada às 18:18 quando retirou a sua senha, foi avaliada e internada em nossa Unidade de Terapia Intensiva que neste momento está capacitada ao atendimento para observação. A mesma se encontra consciente, orientada, respirando espontaneamente com leve desconforto e com quadro estável.



Relacionados

Foz do Iguaçu | 29-03-2020 14:35

Sobe para 10 o número de casos confirmados da COVID-19 em Foz

Sobe para 10 o número de casos confirmados da COVID-19 em Foz

Curitiba | 29-03-2020 14:31

Em Curitiba, 78,8% dos infectados com coronavírus têm menos de 60 anos

Em Curitiba, 78,8% dos infectados com coronavírus têm menos de 60 anos

Paraná | 29-03-2020 13:59

Governo reúne prefeitos para harmonizar medidas contra a Covid-19

Governo reúne prefeitos para harmonizar medidas contra a Covid-19

Paraná | 29-03-2020 13:52

Repasse de recursos beneficiará 300 mil famílias, por cinco meses

Repasse de recursos beneficiará 300 mil famílias, por cinco meses

PUBLICIDADE