IPTU: MP vai investigar se Marcelo Belinati se beneficiou

Redação Tarobá News
Paraná | Publicado em 06/02/2018 às 12:08

O Ministério Público vai investigar se o prefeito de Londrina, Marcelo Belinati, cometeu improbidade administrativa ao se beneficiar com a situação do próprio condomínio onde mora, que ainda não tem terrenos desmembrados.

Ele mora em um condomínio horizontal, na zona sul da cidade, considerado de alto padrão. A mãe do prefeito também mora no mesmo local. Há 13 anos, era uma chácara. E até hoje, o registro está irregular na Prefeitura. Os terrenos não foram desmembrados e muitas casas não têm registro.

O IPTU de 2018, do valor total da área, veio em cerca de R$ 88 mil. Os condôminos dividem entre si conforme o tamanho dos imóveis. São 55 casas no total. O valor médio é de R$ 1600. Uns pagam mais, outros menos. De acordo com a cópia de uma ata mostrada por um vizinho, o valor foi parcelado em 12 vezes, com primeiro vencimento para o dia 18 de janeiro. Segundo moradores, depois que a informação vazou, no fim de janeiro, fiscais da Prefeitura vieram fazer medições para tentar regularizar a situação. O IPTU deste ano seria emitido novamente, com valores corretos e individualizados. Mas até agora, ninguém teria recebido a fatura.

O condomínio do Prefeito não é o único de Londrina em situação irregular. Segundo o Sindicato, a responsabilidade pela regularização dos lotes é da incorporadora.

O condomínio onde o prefeito mora foi loteado pela Protenge, que tem como um dos sócios o Dante Belinati Guazzi, primo de Marcelo Belinati. O município chegou a encaminhar neste ano para a câmara um projeto que dá isenção de tributos para loteadores durante dois anos. A repercussão negativa fez a câmara arquivar a proposta.

O síndico do condomínio Village Premium Residence não quis gravar entrevista. O empresário Dante Belinatti Guazzi está viajando, mas informou por telefone que a Protenge tomou as providências legais na época da entrega do empreendimento e que a divisão dos lotes em frações ideais foi registrada em cartório. A assessoria de Marcelo Belinati informou que o prefeito também está viajando e não vai se pronunciar sobre esse assunto.

(Reportagem: Lívia de Oliveira)



Relacionados

Campo Mourão | 13-09-2019 13:57

MP ajuíza ação contra prefeito, secretários e empresa e requer devolução de R$ 5 milhões

MP ajuíza ação contra prefeito, secretários e empresa e requer devolução de R$ 5 milhões

Curitiba | 13-09-2019 13:34

Logística reversa de pneus atenderá todos os municípios do Paraná

Logística reversa de pneus atenderá todos os municípios do Paraná

Palmeira | 13-09-2019 13:30

Tribunal multa prefeito e pregoeira de Palmeira por falha em licitação de TI

Tribunal multa prefeito e pregoeira de Palmeira por falha em licitação de TI

Paraná | 13-09-2019 13:29

Prefeitos do Sudoeste buscam orientação para contratar serviços de coleta de lixo

Prefeitos do Sudoeste buscam orientação para contratar serviços de coleta de lixo

PUBLICIDADE