Justiça retira cultos religiosos das atividades essenciais no Paraná

Redação Tarobá News
Paraná | Publicado em 04/07/2020 às 12:55

Imagem: TJ-PR

O juiz de direito substituto Eduardo Lourenço Bana da 4ª Vara de Fazenda Pública de Curitiba acolheu parcialmente neste sábado (4) um pedido do Ministério Público (MP-PR) e retirou os cultos religiosos das lista de atividades essenciais do Paraná. 

Na interpretação do magistrado, "a realização de cultos presenciais não pode ser considerada atividade essencial, na medida em que a sua não concretização não enseja perigo à sobrevivência, à saúde ou à segurança da população".

Nesta sexta-feira (3), o governo determinou que todas as igrejas e templos que estiverem localizados nas cidades afetadas pela nova quarentena estadual deverão abster-se de promover eventos religiosos presenciais, restringindo-se apenas às versões virtuais.



Relacionados

Londrina | 11-08-2020 15:29

Trio que morreu em confronto com a PM na zona sul é identificado

Trio que morreu em confronto com a PM na zona sul é identificado

Paraná | 11-08-2020 15:29

Estado intensifica prevenção de incêndios florestais e no transporte de cargas perigosas

Estado intensifica prevenção de incêndios florestais e no transporte de cargas perigosas

Piraquara | 11-08-2020 15:26

Bope e município de Piraquara assinam termo de cooperação

Bope e município de Piraquara assinam termo de cooperação

Paraná | 11-08-2020 15:25

Procura por orgânicos aumenta com a pandemia

Procura por orgânicos aumenta com a pandemia