Linha 4

Publicidade

Lockdown aumenta isolamento social em 25 pontos percentuais no PR; entenda

Murilo Pajolla

Imagem ilustrativa/Agência Brasil

O isolamento social cresceu no Paraná após o estabelecimento do lockdown das atividades não essenciais e da ampliação do toque de recolher. 

Na sexta-feira (26), dia em que as medidas restritivas foram anunciadas pelo governador Ratinho Junior (PSD), o índice era de 28,4%, o menor registrado desde o início da pandemia. No domingo (28), o percentual havia atingido os 53%.

O dados são da empresa de tecnologia In Loco, que usa dados anônimos da localização de celulares. O aumento coloca o Estado no quarto lugar entre os que mais respeitam o isolamento social, atrás da Bahia (53,71%), Amazonas (53,81%) e Santa Catarina (55,43%).

Fonte: Base In Loco. Não representa a totalidade da população (reprodução: In Loco)

O maior índice de isolamento social no Paraná foi de 65,6% registrado em 22 de março do ano passado.  

O endurecimento das medidas contra o coronavírus é válido até o dia 8 de março e inclui fechamento de todas as atividades não essenciais, entre elas comércio de rua, shoppings, bares, restaurantes e outros. 

LEIA MAIS: Lockdown no Paraná: veja a lista dos serviços considerados essenciais

COMENTÁRIOS

Publicidade

Publicidade