Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

Em Londrina, saxofonista Derico Sciotti lamenta morte de Jô Soares

05/08/22 às 18:30 - Escrito por Redação Tarobá News

O saxofonista Derico Sciotti, que está em Londrina para participar de alguns eventos, recebeu com tristeza a notícia da morte de Jô Soares, na madrugada desta sexta-feira (5). Ele foi integrante do grupo de músicos que faziam parte do programa de Jô durante 28 anos.


“É uma sensação estranha porque a gente nunca se depara com a morte tão próxima. Tudo bem que algumas coisas acontecem e a gente vai convivendo com ela, mas o Jô tem uma coisa de eternidade. É muito louco isso. Você pensa que todo mundo pode morrer, ele não”, desabafou o saxofonista.


Derico era amigo pessoal de Jô Soares, que morreu aos 84 anos, em São Paulo. Ele estava internado no Hospital Sírio Libanês desde o dia 28 de julho. A informação foi divulgada por Flávia Pedras Soares, em sua conta no Instagram. Ela é ex-mulher do artista.


Entre os shows televisivos que comandou mais estão o humorístico Viva o Gordo e seus programas de entrevistas Jô Soares Onze e Meia, no SBT, e Programa do Jô, na Globo. Este último ficou no ar por 17 anos, de 2000 a 2016.


Jô Soares também se aventurou na literatura, publicando romances como O Xangô de Baker Street, O Homem que Matou Getúlio Vargas, Assassinatos na Academia Brasileira de Letras e As Esganadas.


Derico está em londrina para alguns shows e eventos corporativos. Ele não via Jõ Soares há um bom tempo, mas os dois se falavam constantemente. “Eu tenho muito orgulho. Um privilégio muito grande de conviver 28 anos com ele. É uma vida vivida e experimentada de forma muito real e contundente”, disse Derico.

© Copyright 2022 Grupo Tarobá