Ministério Público quer manter presa avó de Eduarda Shigematsu

Redação Tarobá News
Paraná | Publicado em 14/05/2019 às 16:45

Se depender do Ministério Público a avó da menina Eduarda morta em Rolândia, vai continuar presa. O promotor de justiça de Rolândia, Hideraldo José Real quer que a justiça mantenha a prisão temporária, válida por 30 dias, de Terezinha de Jesus Guinaia.

Mais informações no vídeo do Jornal Tarobá 1ª Edição.



Fonte: TV Tarobá



Relacionados

Paraná | 02-06-2020 16:34

Paraná ultrapassa 5 mil casos de Covid-19 e registra 199 mortes

Paraná ultrapassa 5 mil casos de Covid-19 e registra 199 mortes

Londrina | 02-06-2020 16:31

Secretário de Saúde desaconselha protestos de rua durante a pandemia

Secretário de Saúde desaconselha protestos de rua durante a pandemia

Curitiba | 02-06-2020 16:19

Duas pessoas são presas em operação da PF de combate ao contrabando de cigarros

Duas pessoas são presas em operação da PF de combate ao contrabando de cigarros

Umuarama | 02-06-2020 16:15

Lodo de esgoto beneficia agricultores de Umuarama

Lodo de esgoto beneficia agricultores de Umuarama